Léo Baptistão reclama da arbitragem após polêmicas no empate do Santos contra Ceará
Twitter: Santos 

O peixe na noite deste sábado (21), desperdiçou a chance de pular pra liderança do Brasileirão, em um jogo meio truncado, a atuação do atacante Léo Baptistão no segundo tempo tinha tudo para mudar o rumo do jogo e da a vitória do Santos em Barueri diante do Ceará. Porém, uma interferência da arbitragem de vídeo acabou mudando o rumo do jogo, o VAR acabou anulando o gol do atacante na etapa final da partida.

Após o jogo, o jogador do Santos comentou: "Não tinha motivo para o VAR interferir. A regra precisa ser clara. Lance interpretativo não volta. Contra a gente, no clássico contra o São Paulo, não voltaram. Entendemos que foi falta que ele deu, mas na frente, um lance interpretativo foi anulado. Não consigo entender. Para que existe árbitro então?", questionou o jogador.

A indignação do gol anulado não se resumiu só ao jogador, boa por parte dos santistas também ficaram com o mesmo sentimento. De acordo com as imagens não houve irregularidade no lance em que a bola entrou nas redes. O real motivo da anulação se deu no início da jogada. E o árbitro de vídeo responsável Sávio Pereira Sampaio analisou nas imagens um puxão de camisa envolvendo o atleta Zé Roberto e Angulo. E a partir desse lance voltou atrás em sua decisão e anulou o gol do Santos.

O atacante ainda falou sobre o desempenho da sua equipe mesmo com esse lance polêmico no fim do jogo, Baptistão ainda destacou que o Santos tinha condições de sair com a vitória: "Olha, fizemos um grande jogo e criamos muitas oportunidades. Acho que a equipe está de parabéns", disse o jogador.

VAVEL Logo