Ana Clara exalta título de terceiro lugar na Copa do Mundo, e relata sua evolução
Thais Magalhães/CBF

No último mês de agosto, a Seleção Brasileira de Futebol Feminino Sub-20 disputou a Copa do Mundo Feminina. As representantes da Canarinho conquistaram o pódio no maior torneio da categoria. Depois de 16 anos, o Brasil voltou a ficar entre as três melhores seleções de base do mundo, no futebol feminino. No total foram seis jogos, com quatro vitórias e apenas uma derrota. As guerreiras marcaram 13 gols e sofreram três em toda a competição.

Thais Magalhães/CBF
Thais Magalhães/CBF

A conquista do bronze se encaminhou diante da Holanda, na disputa pela colocação. O Brasil venceu por 4 a 1, e Ana Clara, fez a sua parte na equipe, abrindo o caminho para a vitória. A jovem de apenas 19 anos comentou sobre o sentimento de poder contar essa história junto com as colegas de time.

Não consigo descrever em palavras tudo que senti, mas veio muito no meu coração uma sensação de gratidão, gratidão a Deus e ao #semprejuntas por todo o processo que passamos para chegar até esse momento. Foi sensacional”, relatou a camisa 6.

A caminhada do Brasil em busca da valorização das categorias de base no futebol feminino vem se estendendo a cada ano, e este título demonstrou o quanto o país está conseguindo desenvolver um ótimo trabalho, chegando junto ao Japão (prata) e a Espanha (ouro), no pódio das melhores do mundo.

Ana Clara, que atua na Seleção Brasileira desde o Sub-17, afirma que atuar com a camisa mais pesada do planeta pôde auxiliá-la de diversas formas. “Aprendi muito taticamente e mentalmente a lidar com situações adversas, sinto que evolui e levarei tudo para minha caminhada”.

Thais Magalhães/CBF
Thais Magalhães/CBF

Agora, a lateral esquerda retorna para o Brasil para continuar sua trajetória no futebol brasileiro, jogando pelo São Paulo, que se encaminha para a partida de volta da semifinal do Brasileirão Feminino.

Quero continuar olhando para mim mesma e descobrir o que posso fazer para ser melhor do que antes, mas desfrutando do que sou agora. Darei meu melhor para ajudar a equipe no que precisar”, finalizou Ana.

VAVEL Logo