Rogério Ceni comemora vitória do São Paulo, mas ressalta: "Temos que render mais"
Foto: Divulgação / São Paulo F.C

O São Paulo conquistou uma vitória importantíssima por 2 a 1 contra o Atlético-GO e segue na briga pela vaga na Libertadores de 2023. Em jogo fraco tecnicamente, o Tricolor saiu na frente com Carelli, o Dragão deixou tudo igual e quando estava sendo pressionado, a revelação da base Luan cravou na última contagem do relógio e fez a festa da torcida que já estava na bronca. 

Em entrevista coletiva após o apito final, o treinador Rogério Ceni festejou os três pontos, mas ponderou alguns erros do time no jogo. Ele afirmou que a equipe teve um rendimento muito abaixo no segundo tempo, mas que futebol é isso, nem sempre a melhor equipe ganha e que já sofreu derrotas em jogos em que o tricolor esteve melhor nesta temporada.

"Se eu disser para você que agradou hoje estarei mentido para você. Eu não acho que fizemos um bom jogo no dia de hoje. Mas eu tenho que valorizar a vitória, porque já fizemos tanto bons jogos e já tomamos gol no final, chutamos 30 vezes e a bola não entra. Futebol tem disso, nem sempre você joga bem, nem sempre você faz um grande jogo, tem vários jogadores vindo de lesão. Para ganhar e conseguir a classificação, temos que render mais, jogar mais que nós jogamos no segundo tempo de hoje", afirmou o ídolo tricolor.

Sobre o próximo duelo decisivo contra o Atlético-MG que promete ser vital na luta pela Libertadores, o ex-goleiro pregou cautela no confronto. Segundo o Ceni, o adversário é um dos favoritos pela vaga e que será uma partida muito complicada.

"Nós vamos enfrentar o Atlético, um time que está na nossa frente, precisamos da vitória aqui no Morumbi. É um time que no começo do ano era o favorito ao título brasileiro. Estão na mesma briga que a gente, a Libertadores, vai ser um jogo difícil e eu não digo que o São Paulo tem chance de vencer", destacou o técnico.

Por fim, o técnico são paulino enalteceu a jovem revelação Luan que fez o gol que deu o resultado positivo ao tricolor. Ele disse que deve ter tido um gosto muito especial na carreira dele, já que manteve o time na briga e relembrou feitos anteriores em que  saíram gols nos acréscimos.

"Teve jogos que não como esse deram títulos. O André Luís que fez gol de cabeça contra o Figueirense, tem vários de último lance importantes. Agora o dele (Luan), faltava 32 segundos quando ele chutou para terminar., então tem o valor muito especial que nos mantém na briga. O futebol é feito de lances como esse, mesmo que o adversário estando no momento melhor no jogo. Nós colocamos o Wellington naquele lado, pois não conseguíamos render pelo meio, infelizmente. O Luan estava ali, no rebote e na posição. Tenho certeza que para ele é uma noite muito especial, a torcida são paulina saiu feliz com a vitória daqui. Mas é legal ver garotos novos marcando. me lembro do Marquinhos fazendo contra o Santo André, o Calleri fazendo de bicicleta no último minuto. Essa é a emoção futebol que mesmo em uma noite ruim lhe dá a posibilidade da vitória", completou Rogério Ceni.

  • Sequência

Com o resultado, o São Paulo permanece na 15º colocação e agora terá uma semana de pausa devido as eleições até o confronto decisivo diante do Atlético-MG, na terça-feira (1), onde pode garantir a Libertadores na próxima temporada.

VAVEL Logo