América-MG empata com Londrina e adia título da Série B para última rodada

Coelho fica só no empate diante do Tubarão, vê Internacional vencer Goiás e deixa conquista em aberto; azulinos dão adeus à luta por vaga na elite

América-MG empata com Londrina e adia título da Série B para última rodada
Foto: Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube
Londrina
0 0
América-MG
Londrina: César; Lucas Ramon, Dirceu, Edson Silva e Ayrton; Rômulo, Bidia e Germano; Artur, Carlos Henrique e Negueba. Técnico: Cláudio Tencati
América-MG: João Ricardo (Fernando Leal, min. 42); Norberto, Rafael Lima, Roger e Pará; Ernandes e Juninho; Luan, Renan Oliveira e Felipe Amorim; Bill. Técnico: Enderson Moreira
ÁRBITRO: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 37ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2017, disputada no Estádio do Café, em Londrina, no Paraná

Por segurança, vencer era a meta. Foi assim que Londrina América-MG entraram em campo na tarde deste sábado (18), na 37ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2017, no Estádio do Café. Focadas por objetivo mútuo, as equipes fizeram um jogo bastante equilibrado e ficaram no empate em 0 a 0, deixando o público presente desanimado por não ter gols.

Com o resultado, os azulinos somam 59 pontos e ficam na 5ª posição, mas permanecendo mais um ano na Série B já que dependia ainda de um tropeço do Paraná para seguirem vivos pelo acesso. Os alviverdes, em contrapartida, precisarão vencer para garantir o segundo título do certame na história, pois estão na Série A e ocupam a liderança com 70 pontos ganhos.

Os times voltam a campo, na 38ª e última rodada da Segundona, só no próximo sábado (25) às 17h30 (de Brasília). Os paranaenses enfrentam o Vila Nova no Serra Dourada em duelo que poderia tentar assegurar a última vaga na elite, enquanto que os mineiros poderão comemorar o título ante os torcedores, ao receber o CRB no Independência, em Belo Horizonte.

Placar zerado em jogo bastante equilibrado

Precisando da vitória por objetivos distintos, as equipes iniciaram com muito equilíbrio, criando poucos lances e se mostrando bem na defesa nos primeiros 15 minutos. Mais precavido em campo, o América-MG se aventurou no ataque e chegou próximo de sua primeira oportunidade. Pará fez jogada individual após receber na área, mas Dirceu apareceu bem e evitou a finalização.

Mesmo pouco criativos durante a primeira metade da etapa inicial, os times procuraram trabalhar bem a bola e procurando espaços para ter a vantagem no placar. Em momento inesperado, Felipe Amorim abriu espaço e tentou de pouco depois do meio-campo, porém César não se esforçou tanto para defender seguro.

Londrina e América-MG ficam no zero em primeiro tempo equilibrado (Foto: Daniel Hott/América-MG)
Londrina e América-MG ficam no zero depois de primeiro tempo equilibrado (Foto: Daniel Hott/América-MG)

Incentivado pela torcida, o Londrina foi para cima e teve duas chances de marcar o gol. Artur fez um bom lance depois de tabelar com Carlos Henrique, girou sobre a marcação e chutou na trave. No rebote, Lucas Ramon mandou direto para fora, mantendo o marcador inalterado em seu estádio.

Pouco depois, Germano lançou Lucas em profundidade, que finalizou no canto esquerdo e obrigou João Ricardo a fazer uma grande defesa e impedir que o placar saísse do zero. O goleiro, inclusive, chocou com a trave e não resistiu às dores, sendo substituído na reta final e dando a vaga ao companheiro de posição Fernando Leal.

Equilíbrio permanece e placar é inalterado

Para a etapa final, os técnicos resolveram não mexer em seus times, o que deixou o confronto com o mesmo panorama da inicial. Indo para cima, o Coelho teve a primeira boa oportunidade de tirar o zero após o atacante Luan disparar em velocidade e chutar próximo ao travessão de César.

Em seguida, o Tubarão demonstrou não estar abatido e foi buscar seu gol, porém esbarrou em Fernando Leal. Na primeira tentativa, depois de um cruzamento na área, Safira - que acabara de entrar - cabeceou à queima roupa e obrigou o goleiro americano a fazer um milagre. No minuto seguinte, Dirceu testou firme e Fernando afastou novamente.

Londrina e América-MG seguem no equilíbrio e placar não sofre alterações (Foto: Gustavo Oliveira/Londrina)
Londrina e América-MG seguem no equilíbrio e placar é inalterado (Foto: Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube)

O duelo foi ganhando contornos dramáticos a cada passar do relógio e as equipes ficando cada vez mais nervosas, sem conseguir assustar. Os mandantes, tentando ter calma, chegaram muito perto de balançar as redes. Carlos Henrique foi lançado e saiu de frente para o arqueiro do time visitante, no entanto arrematou muito mal.

Já o América, cauteloso, procurou garantir o título antecipadamente e não obteve êxito nas jogadas criadas com Gérson Magrão. A primeira foi quando o meio-campista fez lance individual, deixou marcador para trás e acertou a trave. Nos acréscimos, Gérson ficou com a sobra fora da área e esbarrou no camisa 1.