Zé Ricardo não resiste à pressão e é demitido do Flamengo

Técnico teve 62,2% de aproveitamento à frente do Rubro-Negro, com 47 vitórias, 25 empates e 17 derrotas

Zé Ricardo não resiste à pressão e é demitido do Flamengo
Zé Ricardo se despede do Fla com um título carioca no currículo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Fim da linha para Zé Ricardo no Flamengo. Na noite deste domingo (6), o clube emitiu uma nova oficial comunicando a demissão do treinador, que estava há mais de um ano no cargo. O estopim para a saída foi o revés contra o Vitória por 2 a 0, em plena Ilha do Urubu. No Flamengo, Zé Ricardo teve 47 triunfos, 25 empates e 17 derrotas, um aproveitamento total de 62,2%.

''O Clube de Regatas do Flamengo comunica que Zé Ricardo não é mais treinador da equipe profissional. O auxiliar técnico Cleber dos Santos também foi desligado do clube. O Flamengo agradece os serviços prestados e deseja sucesso aos profissionais em suas carreiras'', afirmou o clube em nota oficial.

Zé Ricardo nunca foi unanimidade no Flamengo. Assumiu a equipe de forma efetiva em 14 de julho, quando substituiu Muricy Ramalho, que se aposentou por problemas de saúde. Mesmo tendo um elenco caro em mãos, o jovem técnico não obtinha bons resultados. Nos últimos cinco jogos, por exemplo, foram quatro derrotas e um empate. Além disso, a insatisfação da torcida também era grande. Na manhã deste domingo, o treinador havia sido novamente alvo de manifestações.

A diretoria ainda não definiu o substituto de Zé Ricardo. A tendência é que o auxiliar Jayme de Almeida siga treinando a equipe até a chegada de um novo comandante. O Flamengo, que encerrou o primeiro turno do Campeonato Brasileiro na quinta colocação com 29 pontos, volta a entrar em campo na quarta-feira, quando recebe o Palestino, do Chile, pela Copa Sul-Americana.

Flamengo