Renato admite má atuação, mas valoriza vitória e quebra de jejum em Campinas

Tricolor venceu Ponte Preta pelo placar de 1 a 0 e acabou com jejum de 36 anos sem vencer em Campinas

Renato admite má atuação, mas valoriza vitória e quebra de jejum em Campinas
Foto:(Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Com gol de Ramiro, o Grêmio venceu a Ponte Preta, fora de casa, pela 33° rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Com o resultado na noite desta quarta-feira (8/11), a equipe chegou aos 57 pontos e assumiu a vice-liderança do torneio. O triunfo acabou com uma série de 36 anos sem vitórias contra a Ponte em Campinas. O feito foi destacado pelo comandante Renato Portaluppi, que apesar do triunfo, admitiu o baixo rendimento da equipe na partida.

Ao analisar a partida, Renato admitiu que o time não teve uma grande atuação, mas novamente foi eficiente e conquistou os três pontos, que na visao do técnico é o mais importante. "O Grêmio não fez um grande novo novamente, mas venceu a partida. As melhores oportunidades foram da Ponte, com grandes defesas do Marcelo. Mas no final das contas, valeu. O Grêmio não ganhava aqui desde 1981."

Durante a coletiva, o comandante apontou que a fase enfrentada pela Ponte Preta também influenciou nas escolhas das peças do time e consequentemente, no cenário do jogo.

"Era jogo para uma certa experiência, não para os garotos. Sabia que ia ser muito difícil. Fizemos o gol cedo (no segundo tempo) e não tinha porque mexer. A situação da Ponte é delicada, não tinha porque mexer. Nessa hora muita gente quer ganhar no grito e seria difícil", analisou.

Na próxima rodada, o Tricolor enfrentará o Vitória no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. A partida acontece no domingo, às 17h. A mudança do local do jogo é em razão de um evento musical que irá ocorrer na Arena do Grêmio.