Seguros nas palavras e na encarada, José Aldo e Chad Mendes batem o peso na pesagem

O UFC 179 ou UFC Rio 5 será realizado neste sábado (25) no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, e terá início às 21h (de Brasília). O confronto principal da noite é entre o brasileiro dono do cinturão, José Aldo, e o desafiante americano Chad Mendes.

Aldo, que tem como especialidades o Kickboxing e o Jiu Jitsu, já fez seis defesas de cinturão no UFC, estando invicto e em posse do mesmo, sendo o número 1 dos pesos-pena. Já Mendes tem como especialidades o boxe e Wrestling, como a luta em clinch, arremessos e derrubadas.

Aldo defenderia seu cinturão mais uma vez contra Chad Mendes em 2 de Agosto no UFC 176, em uma revanche do UFC 142, onde Aldo venceu por nocaute logo no primeiro round. No entanto, uma lesão o tirou do evento, a organização não encontrou um substituto e o evento foi cancelado.

Na pesagem, os dois bateram 65,8kg, exatamente o limite da categoria dos penas quando há cinturão em jogo, e mantiveram uma distância segura ao ficarem frente a frente, protagonizando uma encarada bem tranquila - em encarada no Maracanã em agosto deste ano, os lutadores se estranharam e o campeão dos penas acabou empurrando o atleta da Team Alpha Male.

O primeiro dos dois a se pesar foi o americano, que recebeu vaias da plateia e provocou os brasileiros presentes. O desafiante ainda comentou que não é o mesmo lutador da noite em que perdeu para Aldo.

"Muita coisa mudou. Vi os erros que cometi na primeira luta. É difícil falar tudo o que mudou. Corrigi os erros e estou pronto para essa nova batalha", disse o americano.

Aldo entrou correndo empolgado para subir na balança, mas teve que tirar a bermuda e ficar só de toalha para conseguir bater o peso máximo. O brasileiro foi confiante ao falar sobre a luta e tranquilizou a torcida brasileira.

"Assim como ele (Chad), muitos tentaram. Podem ficar tranquilos que esse cinturão vai ficar aqui. Amanhã conto com a presença de todos. Fiquem tranquilos, esse cinturão não vai sair daqui. Um grande beijo a todos", enfatizou o campeão, dono do único título brasileiro do UFC.

Três atletas dos 22 não bateram os respectivos pesos

O americano Tony Martin marcou 71,2kg e o brasileiro Fabrício Morango, 71,7kg. Os dois, que se enfrentariam pelos leves, onde o limite é de 70,8kg, agora lutarão no peso combinado até 71,7kg e não foram multados pela comissão atlética. Já o americano Scott Jorgensen, adversário do brasileiro Wilson Reis, bateu 58,1kg, sendo que o limite dos moscas é de 57,2kg. Ele abriu mão da segunda tentativa e perdeu 20% da bolsa de luta.

Um dos confrontos bastante aguardados será entre o brasileiro Glover Teixeira e o americano Phil Davis. Os dois meio-pesados marcaram 93kg na balança, cerca de 400g abaixo do limite da categoria, e posaram em clima amistoso. Davis, que já venceu duas vezes no Brasil, assim como Mendes, também recebeu vaias, mas não se mostrou abalado e até sorriu para o público.

Pesos dos lutadores do UFC 179

CARD PRINCIPAL
Peso-pena (até 65,8kg): José Aldo (65,8kg) x Chad Mendes (65,8kg)
Peso-meio-pesado (até 93,4kg): Glover Teixeira (93kg) x Phil Davis (93kg)
Peso-meio-pesado (até 93,4kg): Fábio Maldonado (93kg) x Hans Stringer (93,4kg)
Peso-pena (até 66,3kg): Darren Elkins (65,8kg) x Lucas Mineiro (66,2kg)
Peso-leve (até 70,8kg): Diego Ferreira (70,8kg) x Beneil Dariush (70,8kg)
CARD PRELIMINAR
Peso-meio-médio (até 77,6kg): William Patolino (77,1kg) x Neil Magny (77,6kg)
Peso-leve (até 70,8kg): Yan Cabral (70,8kg) x Naoyuki Kotani (70,3kg)
Peso-mosca (até 57,2kg): Scott Jorgensen (58,1kg) x Wilson Reis (56,7kg)
Peso-pena (até 66,3kg): Felipe Sertanejo (66,2kg) x Andre Fili (66,2kg)
Peso-leve (até 70,8kg): Gilbert Durinho (70,3kg) x Christos Giagos (70,8kg)
Peso combinado (até 71,7kg): Fabrício Morango (71,7kg) x Tony Martin (71,2kg)

VAVEL Logo