Michael Bisping recusa luta com Vítor Belfort: "Possibilidade de zero por cento"

Michael Bisping recusa luta com Vítor Belfort: "Possibilidade de zero por cento"

Em seu podcast "Believe You Me", o inglês não poupou palavras para criticar o brasileiro, afirmando que não gosta de Belfort e que ele é um "trapaceiro conhecido"

MauricioCola
Maurício Simões

O ex-campeão dos médios do UFC, Michael Bisping, recusou uma luta com Vítor Belfort na próxima edição do Ultimate em Londres. No último final de semana, o brasileiro deveria ter tido sua luta de despedida no UFC St. Louis. Contudo, seu oponente, Uriah Hall, sofreu problemas no seu corte de peso e foi removido do card por razões médicas, deixando Belfort sem adversário. 

O ex-campeão dos meio-pesados rapidamente anunciou o desejo de enfrentar Michael Bisping, no UFC Londres, em março. O próprio Bisping declarou o desejo de ter sua luta de aposentadoria nesse evento e uma revanche com Vítor poderia fazer sentido para ambos, mas Bisping não está interessado.

Falando no seu podcast "Believe You Me", recentemente, Bisping encerrou categoricamente qualquer rumor sobre uma possível luta de despedida contra Belfort.

"Não lutarei contra Vítor Belfort em Londres", disse Bisping, repetidas vezes em seu podcast. "Cem por cento, não lutarei contra ele. Possibilidade é de zero por cento", completou.

Bisping e Belfort tiveram seu encontro no octógono na volta do UFC à cidade de São Paulo, em 2013. O brasileiro nocauteou Bisping com um chute rodado e socos. Na época, Belfort recebeu uma isenção para poder usar a terapia de reposição de testosterona (TRT) e o chute da cabeça acabou por descolar a retina do olho direito de Bisping - duas circunstâncias que o inglês não esqueceu. 

Ao explicar os motivos de não querer ter uma revanche com Belfort em sua luta de despedida, Bisping apontou para estes incidentes como uma razão chave.

"Posso, ou não, ter mais uma luta", explicou Bisping. "Então, é o seguinte. Eu não gosto do Vítor Belfort. As pessoas que veem esse vídeo provavelmente estão dizendo: 'Olhe para o olho dele, ele é uma bagunça'. É parte da razão pela qual eu nunca quis fazer um podcast com vídeo antes, porque meu olho é uma bagunça e foi o Vítor Belfort que fez isso, e ele ficou fora da minha mente", completou o inglês. 

Bisping ainda atacou Belfort: "Ele é um trapaceiro conhecido. Eu não gosto do cara. Eu acho que ele é um hipócrita. É a última luta dele e ele provavelmente vai vir como um louco de qualquer maneira porque não dá a mínima", criticou. 

Mas não é apenas sua história com Belfort que faz "O Conde" estar desinteressado nesta luta, Bisping se preocupa principalmente com uma aposentadoria que venha de uma forma que ele possa olhar para trás com carinho. 

O inglês diz que quer que sua luta final seja uma homenagem aos fãs e não uma disputa de sangue emocionalmente carregada que faria com que as pessoas se lembrassem dele por "ser um idiota" em vez de serem um dos lutadores mais bem-sucedidos de todos os tempos.

"Para mim, o principal motivo é que eu não gosto do cara [Vítor Belfort] e eu simplesmente não quero estar associado a ele, e sei que, se lutássemos, seria um típico desempenho de trash talk de Michael Bisping e todo tipo de coisa nas pesagens e na coletiva de imprensa e tudo isso. Eu falaria besteiras, mas não quero fazer isso", afirmou Bisping.

VAVEL Logo

    Luta Notícias

    há um mês
    há um mês
    há 2 meses
    há 2 meses
    há 3 meses
    há 5 meses
    há 5 meses
    há 8 meses
    há 8 meses
    há 9 meses
    há 9 meses