Mclaren fornecerá sensores do motor a partir de 2018
Mclaren é a nova fornecedora de sensores da F1 (Foto: Mclaren)

A McLaren Applied Technologies, subsidiária do Grupo, foi nomeada a nova fornecedora única de sensores de temperatura e pressão para os motores, a partir de 2018. Enquanto a equipe que a representa na Fórmula 1 não está nas suas melhores fases procurando evoluir, a McLaren Technologies está em constante ascensão. Atualmente, ela é também a produtora do ECU (Unidade de Comando Eletrônico) dos motores da categoria.

Sobre essa conquista, Robi Basso, diretor de motorsport da Mclaren Applied Technologies disse: "Estamos muito satisfeitos A McLaren foi escolhida pela FIA para ser a fornecedora exclusiva de sensores de pressão e temperatura do motor para os campeonatos mundiais de 2018 a 2020 da Fórmula 1. Da tecnologia ECU em cada carro de Fórmula 1 até os engenheiros apoiando as equipes na pista, a McLaren Applied Technologies continua a ser o coração do motorsport" completou. "Nossa missão é oferecer um serviço incomparável, garantindo que as principais equipes e campeonatos de corrida do mundo possam continuar a crescer e satisfazer os fãs ao redor do mundo", concluiu.

Os sistemas, atualmente, são desenvolvidos por cada equipe, porém, segundo a FIA, exige um custo maior que o necessário. Logo, padronizá-las é uma forma de tornar a categoria mais barata. 

Além disso, vale ressaltar que há quatro meses, a McLaren também foi nomeada a fornecedora exclusiva de baterias da Fórmula E, também para 2018. 

VAVEL Logo