Da alegria à frustração: Abu Dhabi traz emoções diferentes para Lewis Hamilton
Foto: Reprodução/F1

O Autódromo Yas Marina, último palco da temporada da Fórmula 1, está localizado na capital e maior Emirado, Abu Dhabi. Uma região rica em petróleo, que não ficaria longe da principal categoria do automobilismo. Ingressado em 2009, tem como atração ser a primeira corrida, que é realizada no anoitecer. Nas dez corridas já realizadas, Lewis Hamilton venceu quatro delas, sendo o maior vencedor.

O piloto britânico conquistou sua quarta vitória ano passado, superando Sebastian Vettel, que possui três triunfos no país árabe. Além disso, foi lá que o bicampeonato foi conquistado. Obtendo uma vantagem de 17 pontos para seu rival, Nico Rosberg, em uma corrida que valia o dobro de pontos, o segundo lugar era necessário para o título, mas o piloto foi além, com postura agressiva logo na largada, venceu e levantou a taça após seis anos. 

Mas nem tudo são flores para o hexacampeão, Lewis Hamilton. Em 2016, o piloto viveu o auge da rivalidade com Rosberg, e mesmo vencendo a corrida, acabou vendo o seu companheiro levantar o título mundial. A vantagem era de 12 pontos, a favor do alemão, que largando em segundo, passou a corrida se defendendo devido a estratégia de Lewis de andar em um ritmo menor para manter o pelotão próximo a dupla.

Além de 2014 e 2016, o GP de Abu Dhabi também foi decisivo para o título Sebastian Vettel em 2010. O piloto alemão venceu a corrida e viu Fernando Alonso e Mark Webber ficarem presos atrás de Vitaly Petrov

No GP do ano passado, tivemos uma belíssima cena, quando Lewis Hamilton e Sebastian Vettel homenagearam Fernando Alonso que se despedia naquele momento da Fórmula 1. 

2018 Lewis Hamilton Mercedes
2017 Valtteri Bottas Mercedes
2016 Lewis Hamilton Mercedes
2015 Nico Rosberg  Mercedes
2014 Lewis Hamilton Mercedes
2013 Sebastian Vettel Red Bull
2012 Kimi Raikkonem Lotus
2011 Lewis Hamilton McLaren
2010 Sebastian Vettel Red Bull
2009 Sebastian Vettel Red Bull
VAVEL Logo