Resumo F1 2019: Renault perde o posto de "melhor do resto"
Foto: Reprodução / Renault

O ano acabou na Fórmula 1 e para a Renault, ficou um gostinho de que cabia melhores resultados na conta da escuderia francesa. Com 91 pontos em 2019, a temporada ficou marcada pela boa condução de Daniel Ricciardo e muitos DNFs (Did Not Finish = não terminou): sete — apenas Haas e McLaren tiveram mais (nove cada). Assim, o quinto lugar não deu o título simbólico de "melhor do resto", que ficou com a McLaren.

Essa posição final foi pior que a de 2018, ano excelente, com 122 pontos e o quarto posto, atrás só de RBR, Ferrari e Mercedes. No entanto, é melhor que 2017 (sexta) e 2016 (nona).

Australiano de 30 anos, Daniel Ricciardo foi o melhor piloto da equipe ao somar 54 pontos. Ele ficou em nono no mundial de pilotos. Além disso, Ricciardo também foi o responsável pelo melhor posicionamento de uma Renault em 2019: o quarto lugar no GP da Itália. Foram os cinco DNFs que atrapalharam o oceânico de ter melhores colocações.

Mais abaixo, apenas em 14º entre os pilotos, o alemão Niko Hulkenberg conseguiu 37 pontos. Teve um ápice na temporada após o recesso de agosto, quando voltou pontuando em cinco corridas consecutivas (Bélgica, Itália, Singapura, Rússia e Japão). Por esse fraco desempenho, ele perde seu posto em 2020 para o francês Esteban Ocon. Confira como foram os resultados de cada corrida dos condutores da Renault:

GPs Ricciardo Hulkenberg
Austrália DNF
Bahrein DNF DNF
China DNF
Azerbaijão DNF 14º
Espanha 12º 13º
Mônaco 13º
Canadá
França 11º
Áustria 12º 13º
Grã-Bretanha 10º
Alemanha DNF DNF
Hungria 14º 12º
Bélgica 14º
Itália
Singapura 14º
Rússia DNF 10º
Japão 10º
México 11º
EUA
Brasil 15º
Abu Dhabi 11º 12º
PONTOS 54 37


Sem dúvida nenhuma, o segundo semestre, após as férias, foi o bom momento da Renault. Das últimas nove corridas, pontuou em oito, passando em branco apenas no último GP, o de Abu Dhabi. Na primeira parte da temporada, ficou sem pontos em seis provas, prejudicando o saldo total.

Com a dupla Ricciardo e Ocon confirmada para o próximo ano, a maior gana da Renault é ficar o simbolismo da "melhor do resto", atrás apenas de RBR, Ferrari e Mercedes. É possível? Sim, é possível!

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo