Pérez alcança pódio no GP do México, mas sonhava com dobradinha da RBR: "Eu queria mais"
Pai de Sergio Pérez comemorando com pilotos da Red Bull (Foto: Divulgação / F1)

No charmoso e característico GP do México, Max Verstappen foi quem subiu no lugar mais alto do pódio e comemorou a vitória na 18ª etapa da temporada. Lewis Hamilton cruzou a minha final em segundo e se manteve na briga pela liderança. Mas foi o piloto da casa quem chamou a atenção dos holofotes. Sergio Pérez fez uma boa corrida em seu país e fechou o pódio na terceira posição, para a alegria dos mexicanos.

Correr em casa é mais empolgante e vibrante para qualquer um. Com Perez não foi diferente. Desde que viu seu companheiro de RBR pular da terceira para a primeira posição logo na primeira curva, a missão de "Checo" era cutucar o britânico da Mercedes. E essa pressão foi feita por muito tempo, porém sem sucesso.

Em entrevista após a corrida, Pérez disse que deu ‘todo o meu coração’ e queria ao menos a segunda posição no México.

"Realmente inacreditável. Eu queria mais hoje, queria uma dobradinha para o time que estava muito perto, mas não tive chance de passar. Eu dei todo o meu coração. Eu podia ouvir [os fãs] passando por aqui, foi incrível", disse

Com mais 15 pontos na conta, o mexicano chega aos 165 e encosta em Valtteri Bottas, que tem 185 d não pontuou no domingo. Verstappen lidera com 312,5 e Hamilton é o segundo, com 293,5 pontos. Agora, os pilotos viajam do México para o Brasil, onde disputam o GP de Interlagos no próximo domingo (14), às 14h.

VAVEL Logo