De virada e salvando match point, Tsitsipas derruba Anderson e está na final de Toronto
Foto: Divulgação/Rogers Cup

De virada e salvando match point, Tsitsipas derruba Anderson e está na final de Toronto

Jovem grego eliminou finalista de Wimbledon com vitória de 6(4)/7, 6/4 e 7/6(7); Stefanos derrubou quarto top 10 no torneio e fará sua primeira final de Masters 1000 no dia de seu aniversário

marcelalinhares
Marcela Linhares

O jovem grego de 19 anos, Stefanos Tsitsipas, é o primeiro finalista classificado do Masters 1000 de Toronto após vencer o tenista sul-africano #6 Kevin Anderson com parciais 6(4)/7, 6/4 e 7/6(7) em 2h51. Este jogo foi o segundo confronto entre os dois com a segunda vitória do grega de virada - a primeira tinha sido no ATP 250 de Estoril. 

O jovem grego é o jogador mais novo a vencer quatro tenistas top 10 -  Dominic Thiem, Novak Djokovic, Alexander Zverev e Kevin Anderson - em um mesmo torneio desde 1990 – quando a Associação de Tenistas Profissionais (ATP) começou a fazer a organização dos principais torneios mundiais da modalidade. Tsitsipas iniciou o ano como número 91 do ranking e, na próxima atualização do ranking, que será feita na próxima segunda-feira (13), garantirá seu nome no top 20.

A primeira série iniciou muito equilibrada com nenhum dos dois tenistas ameaçando o serviço de seu adversário e encaminhou assim para o game decisivo. Garantindo um mini break logo no início do tie break, Tsitsipas abriu a vantagem de 4-1. Sem se deixar pela desvantagem, o sul africano correu atrás do prejuízo e, vencendo seis pontos seguidos, venceu o set por 7/6 (4) em 52 minutos. Anderson disparou um total de 16 bolas vencedoras e cometeu 13 erros não forçados contra 14 e 10 respectivamente.

Administrando a única quebra da segunda parcial, Tsitsipas não teve dificuldades para fechar em 6/4, em 45 minutos, para empatar o jogo em um set a um. O jovem grego garantiu 81% dos pontos ganhos com o primeiro e 69% dos pontos com o segundo serviço. Anderson teve duas oportunidades de quebrar o serviço de seu adversário, mas não aproveitou nenhuma delas.

O último set não teve nenhuma quebra e levou a decisão da partida para o tie break. No game decisivo, os quatro primeiros pontos foram de mini break. Com mais um, Tsitsipas conseguiu abrir 6-4 e teve sua primeira oportunidade de match point. Para azar do jovem tenista, com uma dupla falta ele desperdiçou a primeira chance e viu seu adversário virar o game decisivo: 7-6.

Sacando nas duas bolas seguintes, o grego confirmou seus dois pontos de saque alcançando novamente o match point e, com erro do tenista sul africano, finalizou o tie break em 9/7, venceu a partida e garantiu sua vaga na final de um Masters 1000 pela primeira vez em sua carreira.

Na decisão da Rogers Cup, que ocorrerá no dia de seu aniversário, o grego enfrentará o vencedor entre o russo #38 Karen Khachanov, que fará sua estreia em semifinal de Masters 1000, e o líder do ranking, Rafael Nadal, que busca vencer o torneio pela quarta vez em sua carreira. A decisão está marcada para domingo (12), às 17h.

VAVEL Logo

Tênis Notícias

há 11 horas
há 16 horas
há 21 horas
há um dia
há um dia
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 3 dias
há 3 dias