Guga recusa convite de Tsitsipas para ser técnico: "Não é uma coisa simples"
(Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal)

Maior nome do tênis no país, Gustavo Kuerten disse que não poderia aceitar convite do grego #6 Stefanos Tsitsipas para assumir como seu treinador.

Em entrevista ao jornal "Eurosport", Guga explicou que enviou uma mensagem para o tenista que é fã declarado do brasileiro, dizendo que ele pode entrar contato quando quiser. Mas que para a função de treinador, no momento, é algo ainda distante.

“Mandei uma mensagem para ele, porque ele foi muito legal comigo. Fui bem direto ao ponto e disse para não criar expectativa, explicando que isso não fazia muito sentido para mim no momento. Deixei uma abertura para poder ajudá-lo se achar que consigo. Mas isso não é uma coisa simples, porque acho que é necessário um trabalho diário. Ele foi muito gentil. Seria uma grande experiência, mas não para mim, porque eu tenho duas crianças muito pequenas para cuidar”, respondeu Guga se referindo aos filhos Maria Augusta e Luiz Felipe, de 8 e 6 anos.

“Na verdade, eu já sou técnico. Tem dia que sou técnico de Matemática, Português...”, completou o brasileiro.

Com isso, Tsitsipas entrou na lista de jogadores que tiveram o pedido recusado por Guga para virar treinador. Em abril de 2017, o argentino Juan Martin Del Potro e em outubro, o francês Jo Wilfred-Tsonga, também tentaram trazer Gustavo Kuerten para ser técnico, porém sem sucesso

VAVEL Logo