Após polêmica envolvendo coronavírus, Zverev supera Mannarino e avança no US Open
Foto: Divulgação/ATP

A pandemia do coronavírus impôs uma série de restrições e protocolos ao mundo dos esportes. Mesmo assim, por vezes, atletas são infectados pela Covid-19. Um destes foi o francês #23 Benoit Paire, e ele tem tudo a ver com o jogo entre #5 Alexander Zverev e #39 Adrian Mannarino, nesta sexta-feira (4).

Também francês, Mannarino teve contato com Paire pouco antes dele testar positivo para coronavírus. Por conta disso, precisou cumprir uma série de regulações na já restritiva bolha para a disputa do US Open 2020. O jogo entre ele e Zverev demorou quase três horas para começar por conta da insólita situação. E quase que o cabeça de chave 32 surpreendeu o alemão.

Mais de uma hora de surpresa

O primeiro set teve, ao todo, 1h03 de duração. Todos os serviços foram confirmados até o quinto game, quando cada tenista quebrou o saque do rival uma vez. No oitavo, Mannarino teve três break points, mas cedeu o game ao alemão.

No tiebreak, Mannarino confirmou três pontos enquanto Zverev sacava e fechou o set em 7-4.

Fazendo valer o favoritismo

O segundo set não teve tantas surpresas quanto o primeiro - e durou 20 minutos a menos que o inicial. No segundo, Zverev quebrou o serviço de Mannarino no décimo game e empatou a partida fazendo 6/4 no período. Três games antes, em nove pontos, o francês teve um break point, mas o alemão conseguiu confirmar o saque.

O terceiro set teve oito games, encerrando-se com vitória de Zverev em 6/2. Chama atenção, porém, o alto número de serviços quebrados no período. Ao todo, foram quatro quebras de serviço - três delas da parte do alemão, com o francês conseguindo confirmar apenas o quarto. 

Metade do tempo

Se o primeiro set teve longas 1h03, o quarto (e último) teve 32 minutos - praticamente a metade do tempo em questão. Os games corriam rapidamente (com direito a mais uma quebra de Zverev, no quarto game, quando fez 3/1) até o oitavo período. Em nove pontos, o alemão aproveitou o primeiro break (que também foi match) point que teve no set e fechou a partida em 6/2.

Próximos jogos

Nas oitavas-de-final do US Open, Zverev enfrentará #99 Alejandro Davidovich Fokina, que faz sua melhor campanha em Slam na carreira, e vem de vitória em quatro sets sobre o #76 Cameron Norrie.

VAVEL Logo