Em grande segundo set, Barty vence duelo australiano com Gavrilova em Melbourne
Ashleigh Barty venceu Daria Gavrilova no Australian Open 2021 (WTA / Divulgação)

Melhor colocada no ranking de entradas da WTA, a #1 Ashleigh Barty começou a partida contra #387 Daria Gavrilova com tudo. Sem dar chances para a compatriota, tudo levava a crer que a vitória viria com facilidade.

No segundo set, entretanto, tudo mudou de figura. E, no fim das contas, a peleja, válida pela segunda fase do Australian Open 2021, nesta quinta-feira (11) teve um saldo bastante positivo quanto à competitividade.

No início arrasador de Barty, 6/1 no primeiro set. Após o notório crescimento de Gavrilova, a vitória veio por 7/6, com 9-7 na parcial do momento derradeiro.

Quando menos se esperava...

Se o primeiro set foi tranquilíssimo para Barty, o começo da peleja teve uma surpresa: no primeiro game, sacado pela número um do mundo, a vitória foi de Gavrilova, ex-top 20 do mundo. Mas, dali para frente, um show da número um do mundo, que havia vencido com duplo 6/0 na estreia. Sem perder mais um momento sequer, com direito a três quebras de serviço, o primeiro momento foi 6/1.

O segundo set teve uma série de erros das duas tenistas. Nos quatro primeiros games, duas quebras de saque - uma para cada tenista. No quinto game, Gavrilova quebrou o saque da adversária - e tomou a vantagem do período, com 3/2.

Na sequência, surpresa: Barty, mais uma vez, teve o saque rejeitado, deixando a peleja em 5/2. Começou, então, a reação: a número um do mundo, em dois serviços seguidos da oponente, venceu - e colocou 5/5 no placar. 

Em todo o tiebreak, o único momento em que uma tenista abriu dois pontos de vantagem antes do final foi logo no começo, quando Barty saiu à frente - mas, logo na sequência, a adversária foi buscar. Com o momento decisivo empatado em 7-7, a número um do mundo, enfim, anotou dois pontos seguidos e fechou a partida em 9-7.

Próximos jogos

Na terceira fase do Australian Open 2021, Barty enfrentará #32 Ekaterina Alexandrova, que vem de vitória sobre a #59 Barbora Krejcikova.

VAVEL Logo