Barty conquista mais uma virada, bate Svitolina e vai à decisão em Stuttgart
Foto: Jimmie48/WTA

Aniversariante do dia, a #1 Ashleigh Barty se classificou à sua terceira final no ano neste sábado (24). Assim como diante de Pliskova na fase anterior, ela conseguiu mais uma vitória de virada, desta vez diante da #5 Elina Svitolina, assegurando vaga na decisão do WTA 500 de Stuttgart, na Alemanha, em sua primeira participação no torneio.

A número 1 do mundo fechou a vitória com parciais de 4/6, 7/6(5) e 6/2, em 2h08. Este foi o oitavo confronto entre as duas, e a terceira vitória consecutiva de Barty - Svitolina havia vencido os cinco primeiros confrontos. Neste ano, a australiana bateu a rival no Miami Open, também nas semifinais.

Vindo de uma virada incrível contra Kvitova nas quartas de final, Svitolina fez um primeiro set primoroso. A ucraniana só perdeu cinco pontos no seu serviço, sendo que colocou 84% do primeiro saque em quadra e venceu 90% dos pontos nesta situação. A cabeça de chave 3 conseguiu aliar a agressividade com a precisão e fechou a primeira parcial com autoridade, em 36 minutos.

No segundo set, Barty passou a tomar mais conta dos pontos e abriu logo 4/1. Depois disso, porém, Svitolina chegou a vencer uma sequência de 13 em 14 pontos e virou a parcial, colocando-se em posição de sacar para o jogo em 5/4, mas jogou um game bem abaixo e permitiu a reação da australiana. A série então se encaminhou para o tiebreak, onde a número 1 do mundo foi praticamente impecável, fechando em 7/6(5), em quase uma hora de set.

Confiante, Barty não deu chances no set final. Ela venceu 16/21 pontos no seu serviço, com 86% de primeiros saques em quadra. Svitolina chegou a salvar 5/7 break points que cedeu, mas foi quebrada em ambos os games que teve o saque ameaçado e sofreu a virada. Na rodada anterior, Barty também havia perdido o primeiro set para Pliskova e buscou a virada.

Campeã do Yarra Valley Classic, torneio da série WTA 500 preparatório para o Australian Open, e do WTA 1000 de Miami, Barty agora busca a primeira conquista no saibro em 2021. Ela encara na decisão do Porsche Tennis Grand Prix a vencedora do confronto entre a #3 Simona Halep e a #7 Aryna Sabalenka.

VAVEL Logo