Aliassime aproveita vacilos de Fucsovics para vencer na estreia de Cincinnati
Foto: Divulgação/ ATP

O começo de cada set foi complicado para #17 Félix Auger-Aliassime, mas o canadense se aproveitou dos erros de #37 Márton Fucsovics antes de cada encerramento de período para vencer a partida de primeira rodada do Masters 1000 de Cincinnati, nesta segunda-feira (16).

O primeiro set foi para o tie-break, mas o 7/6 veio após surpreendentes 7-0. Na sequência, o segundo período teve vitória do canadense por 6/3. A peleja teve, ao todo, 2h23.

Canadense avançando

As primeiras grandes emoções da partida vieram no quinto game. Nele, Félix Auger-Aliassime sacou doze vezes e foi rejeitado pelo adversário. Os momentos seguintes também foram longos: no sexto, Fucsovics rejeitou três break points e sacou dez vezes para confirmar o serviço; no sétimo, foram quatro break points rejeitados pelo canadense e 12 pontos disputados.

No décimo game, o húngaro desperdiçou um set point e foi rejeitado após oito pontos; no 12º, quem desperdiçou um set point (que também era um break point) foi o norte-americano, que viu Fucsovics vencer o período após dez pontos. No tiebreak, o canadense simplesmente varreu o adversário: 7-0.

O segundo set teve games bastante longos. Márton Fucsovics foi rejeitado logo no primeiro, no quarto break point, após oito saques; no terceiro, o húngaro salvou três break points em game de 14 pontos para triunfar - mesmo número de pontos do quarto momento, mas com Aliassime recusando "apenas" um break point.

Nos três momentos seguintes, três rejeições de saque - sendo que, nos sacados pelo húngaro, dificuldades: no quinto, dez pontos, com dois break points; no sétimo, oito pontos e três pontos para rejeição de saque. Após outro momento longo (o oitavo, que teve oito pontos), o canadense, enfim, recusou Fucsovics no nono game e encerrou a peleja em 6/3.

O que vem por aí

Na segunda rodada do Western & Southern Open, Aliassime enfrentará o vencedor do confronto entre o sul-africano #76 Kevin Anderson e o russo #30 Karen Khachanov.

VAVEL Logo