Teichmann domina Pliskova e se garante na maior final da carreira em Cincinnati
Foto: Divulgação/Western & Southern Open

A #76 Jil Teichmann garantiu vaga à sua maior final da carreira neste sábado (21). A suíça, que recebeu um convite para a disputa do torneio, se garantiu na decisão do WTA 1000 de Cincinnati após vitória sobre a #4 Karolina Pliskova por 2 a 0, com parciais de 6/2 e 6/4.

Teichmann entrou no torneio com recebimento de wildcard e aproveitou ao máximo o convite, chegando à disputa pelo título. Pliskova foi a quarta tenista no top 10 que ela surpreendeu e derrotou esse ano. Nas oitavas, ela bateu a #2 Naomi Osaka.

No jogo de semifinal, a suíça mostrou mais uma vez as suas jogadas que tem dado tanto trabalho para as oponentes. Um jogo de muita variação e com muita firmeza no saque tem sido sua grande marca. Ela, inclusive, superou a "rainha dos aces" no sua própria "praia", anotando 8 aces contra 4 da tcheca.

Teichmann utilizou bastante do primeiro serviço no duelo, em 66%, no quais teve sucesso em 70%, e ainda anotou 59% de aproveitamento com o segundo saque. Vice-campeã em Montreal na semana passada, Pliskova registrou 58% do primeiro em quadra, com 69% de aproveitamento, e apenas 35% nas disputas com o segundo.

O primeiro set viu a suíça vencer cinco games seguidos a partir do 1/2 e fechar em 6/2 em somente 29 minutos. Na segunda etapa, ela voltou a quebrar o saque da adversário por duas vez e, mesmo sofrendo uma derrota em seu serviço, garantiu a parcial e o placar geral.

O que vem por aí

A convidada do torneio vai agora à final em busca do seu terceiro título de WTA. Os dois primeiros foram vencidos em Praga e Palermo, em 2019. Sua oponente na decisão do Western & Southern Open será simplesmente a #1 Ashleigh Barty, que venceu a #22 Angelique Kerber na outra semifinal por 2 a 0.

VAVEL Logo