Krejcikova/Siniakova passam por Hsieh/Mertens na decisão do WTA Finals e coroam 2021 espetacular
Foto: Divulgação/WTA

Campeãs olímpicas, de Roland Garros e de outros dois títulos ao longo do ano, Barbora Krejcikova e Katerina Sinikova confirmam o status de melhor dupla do ano em 2021 vencendo o WTA Finals 2021, em Guadalajara, no México. Na decisão desta quarta-feira (17), elas bateram pela segunda vez no torneio a taiwanesa Su-wei Hsieh,, que disputou sua quarta final no torneio, e a belga Elise Mertens por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 6/4, em 1h20.

Se o Finals em simples não foi tão bom para Krejcikova - perdeu os 3 jogos da fase inicial - ela brilhou ao lado de Siniakova nas duplas. As campeãs tiveram 100% de aproveitamento e perderam apenas dois sets durante o torneio. Juntas desde o início da carteira, esse foi o terceiro Finals delas, o primeiro títulos após terem batido na trave com o vice em 2018.

Dominantes durante todo o jogo, as tchecas mantiveram o controle da partida em mãos, intensas e ligadas. Elas foram mais firmes nos deciding points - assim como fizeram no duelo anterior entre as duplas na fase de grupos - e quase sempre prevaleciam em pontos longos. Além disso, Krejcikova esteve em um dia excelente com suas devoluções e serviços. Apesar de terem sofrido uma quebra, a dupla tcheca conseguiu duas ao longo da primeira parcial e fecharam o set em 6/3.

O segundo set começou com uma quebra de Krejcikova/Siniakova logo no primeiro game. Ela colocaram vantagem no marcador e souberam se segurar diante dos games longos e perigosos que o jogo oferecia. Elas tiveram chance de ampliar a vantagem, mas Hsieh/Mertens salvaram um match point e forçaram as rivais a sacarem para o jogo. As tchecas não titubearam e confirmaram o título com um 6/4 no último set.

Marcas

Com o título, Siniakova deve reassumir liderança do ranking entre as duplistas, posto que era ocupado justamente por Hsieh.

Krejcikova, que é a atual número 3 do mundo em simples, será a número 2 de duplas, seguida no ranking mundial por Hsieh e Mertens.

VAVEL Logo