Stephens bate Bouzkova em Guadalajara e volta a levantar um troféu após quatro anos
Foto: Divulgação/WTA

A espera terminou: após quatro anos, a americana #57 Sloane Stephens voltou a levantar um troféu. Ela bateu a tcheca #96 Marie Bouzkova, por 2 sets a 1, parciais de 7/5, 1/6 e 6/2 e venceu o WTA 250 de Guadalajara na madrugada desta segunda-feira (28). A última conquista de Stephens havia sido o Miami Open, em 2018.

Com condições bastante diferentes do que é comum no circuito, o torneio foi jogado com altitude a aproximadamente 1,5 mil metros e teve ter em quadra bolas mais pesadas do que o normal, adaptadas às condições locais. Com a peculiaridade, Stephens conseguiu se sobressair às adversárias e conquistou um título no México pela segunda vez na carreira. 

Assim como durante toda a semana, a vida da jogadora de 28 anos não foi fácil. Com um primeiro set já difícil, Stephens teve que correr atrás do prejuízo, chegando a ficar com 1/4, até devolver a quebra no sétimo game e virar a parcial no 11º game do set. Retomando o controle do jogo, venceu por 7/5.

No segundo set, Bouzkova saiu na frente novamente, mas desta vez, segurou o marcador e foi dominante, fechando em 6/1, com 80% de aproveitamento dos pontos tentados em seu primeiro serviço, duas quebras de serviços forçadas e nenhum ameaça de break point sofrida.

Já na terceira parcial, Stephens voltou a ser melhor em quadra e dominou a adversária, principalmente com muita paciência e troca de bola no fundo de quadra. Com apenas uma ameaça de break point sofrida e duas quebras efetivadas, a americana venceu por 6/2 e o jogo por 2 sets a 1.

Marcas

Este é o sétimo título da carreira de Stephens, que voltará ao top 50 do ranking mundial durante a semana. Já Bouzkova continua a busca de seu primeiro título no circuito WTA, após sua terceira derrota em decisões. A tcheca, ao menos, vai subir 17 posições no ranking mundial na próxima semana.

VAVEL Logo