Laura Pigossi perde em três sets para Tatjana Maria e fica com vice em Bogotá
Foto: Divulgação/Copa Colsanitas

Após seis vitórias em sequência, a brasileira #212 Laura Pigossi acabou perdendo a decisão do WTA 250 de Bogotá, na Colômbia, neste domingo (10). O duelo de qualifiers terminou com vitória da #237 Tatjana Maria, ex-top 50, que venceu a final com parciais de 6/3, 4/6 e 6/2, em 2h29.

No primeiro set, poucas aberturas foram dadas no saque. As duas cometeram poucos erros não-forçados, mas Maria acabou sendo ainda mais precisa - somou dois, contra sete de Pigossi. As duas confirmaram o saque com certa tranquilidade até o oitavo game, quando a alemã converteu o único break point da parcial e fechou em 6/3 na sequência.

Mais adaptada com os slices vindos de Maria tanto de forehand quanto de backhand, Pigossi conseguiu quebrar o saque da rival pela primeira vez no sexto game e chegou a sacar para a segunda parcial em 5/3, mas desperdiçou um set point. Com a alemã sacando, porém, a brasileira converteu o break point que teve e fez 6/4, em 1h01.

O início do set final acabou sendo decisivo para a vitória de Maria. Após salvar três break points no primeiro game, Pigossi desperdiçou duas chances na sequência e, sacando em 1/1, acabo quebrada. Daí para frente, a alemã retomou o seu nível no serviço e não deu mais chances. A brasileira, que chegou a pedir atendimento médico após o quinto game, foi rejeitada mais uma vez no sétimo game e acabou caindo por 6/2, em 51 minutos.

Marcas

O título da Copa Colsanitas é o segundo da carreira de Maria, o primeiro desde Mallorca 2018, na grama. Com a campanha, a alemã vai subir mais de 100 posições no ranking mundial e assumir o 115º lugar.

Já Pigossi, que nunca havia vencido uma partida em nível WTA e também nunca havia batido uma tenista do top 100 antes, sai da Colômbia com muitos motivos para comemorara. Após alcançar sua primeira final desta magnitude, a brasileira vai figurar pela primeira vez entre as 130 melhores do mundo.

VAVEL Logo