Sabalenka consegue vitória épica contra Kanepi e segue no US Open; Badosa é eliminada
Foto: Andrew Ong/USTA

Com grande poder de reação, a #6 Aryna Sabalenka superou a #34 Kaia Kanepi na segunda rodada do US Open 2022. A belarussa perdeu 11 dos primeiros 14 games da partida e salvou dois match points antes de fechar a partida com parciais de 2/6, 7/6(8) e 6/4, em 2h18, nesta quinta-feira (1º).

Este foi o terceiro confronto entre elas, e a primeira vitória de Sabalenka. Kanepi, que tem um ótimo retrospecto diante de tenistas do top 10 em Majors, esteve muito perto de mais um triunfo desse porte. A estoniana fechou a primeira parcial em 28 minutos e estava encaminhando para garantir a vitória com um segundo set tranquilo, mas a ex-número 2 do mundo não desistiu.

Sabalenka venceu cinco games seguidos para forçar o tiebreak, chegou a estar 5-2 atrás no game desempate e precisou salvar match points em 6-7 e 7-8 - o último contando com uma enorme ajuda da rede -, antes de fechar a parcial em 7/6(8), após 1h01.

No set final, Kanepi, apesar da frustração, conseguiu 16 winners e cometeu apenas nove erros não-forçados, números melhores que o de Sabalenka, mas não foi o suficiente para a vitória. A belarussa salvou os três break points que enfrentou, converteu o único que oportunizou e conseguiu a vaga à próxima fase.

Na terceira rodada, Sabalenka, semifinalista em Nova Iorque no ano passado, encara a vencedora do confronto entre a #43 Alison Van Uytvanck e a #131 Clara Burel.

Badosa perde de virada

De virada, a #4 Paula Badosa deu adeus ao Slam norte-americano logo na segunda fase. A espanhola foi derrotada pela #54 Petra Martic com parciais de 6/7(5), 6/1 e 6/2, em 2h07. Este foi o segundo confronto entre elas, e a primeira vitória da croata.

Badosa começou muito firme a partida e, apesar do ótimo nível de Martic, conseguiu 17 winners contra 13 erros não-forçados no primeiro set, salvou quatro break points e fez 7/6(5), em 1h02.

Depois disso, porém, a espanhola não conseguiu imprimir a agressividade necessária para superar a croata, que esteve em dia inspirado, terminou o jogo sem nenhuma quebra sofrida e com 35 bolas vencedoras no total, com 20 a 13 nas duas parciais finais.

Martic segue para enfrentar a #26 Victoria Azarenka, que vem de vitória segura contra a #65 Marta Kostyuk. As duas se enfrentaram apenas uma vez, há dez anos, com vitória da belarussa por duplo 6/2 no WTA de Linz, na Áustria.

VAVEL Logo