Praia Clube vence Sesi-SP fora de casa e permanece líder da Superliga Feminina

No jogo entre equipes com campanhas opostas, venceu a que lidera a competição de forma invicta; time paulista segue sem vitórias

Praia Clube vence Sesi-SP fora de casa e permanece líder da Superliga Feminina
Foto: Everton Amaro/Sesi-SP
Sesi-SP
0 3
Praia Clube
Sesi-SP : Pri Heldes, Neneca, Amabilie, Nikolle, Raquel e Marjorie. Líbero – Érika Pão. Entraram: Thais, Thayna, Domingas, Cássia. Técnico: Rodolfo Lino.
Praia Clube : Claudinha, Fawcett, Fê Garay, Ellen, Fabiana e Walewska. Líbero – Suellen. Entraram: Ananda, Carla, Natasha, Andréia, Laís. Técnico: Paulo Coco.
Placar: 1-0, 25/17 || 2-0, 25/10 || 3-0, 25/11.
INCIDENCIAS: Jogo válido pela oitava rodada da Superliga Feminina 2017/18, disputado no ginásio do SESI-SP, em Santo André (SP).

 

Segue tudo normal para o Dentil/Praia Clube. A equipe mineira não conhece outro resultado na competição que não seja o 3 sets a 0, favorável a ela, obviamente. Nesta sexta-feira (17), a equipe comandada pelo técnico Paulo Coco venceu o Sesi-SP, no ginásio do Sesi, em Santo André (SP), em partida válida pela oitava rodada da Superliga Feminina 2017/18. As parciais foram de 25/17, 25/10 e 25/11. 

Um dos destaques da partida foi a ponteira Fernanda Garay, eleita em votação popular a melhor jogadora em quadra, recebendo, assim, o Troféu VivaVôlei CIMED. Com 14 acertos, Garay também foi a maior pontuadora do duelo, e falou sobre o desempenho de sua equipe. 

“Nosso grupo fez a diferença. Ganhamos essa partida com todas as jogadoras jogando bem. Fico feliz com o VivaVôlei, mas esse troféu é de todo grupo. Agora, teremos uma sequência difícil de jogos, mas vamos seguir trabalhando forte para buscarmos bons resultados nesses jogos”, disse. 

Líder isolado, com 24 pontos, o Praia Clube volta à quadra na próxima sexta-feira (23), quando enfrenta o Osasco, às 21h30, em Uberlândia. No mesmo dia, o Sesi-SP buscará o primeiro triunfo na competição, diante do Pinheiros,  às 19h, no Henrique Villaboin, em São Paulo (SP). A equipe paulista segue na lanterna da competição, com apenas um ponto conquistado em oito partidas.  

Resumo da partida 

Como tem acontecido na Superliga, seja jogando dentro ou fora de casa, o Praia Clube não abre mão de largar bem na partida. Nesta sexta não foi diferente. Com o saque forçado, a equipe mineira fez 5 a 3 logo no início. A pequena vantagem, no entanto, não se sustentou. O Sesi-SP teve tranquilidade para trabalhar o passe e conseguiu até a liderança momentânea no marcador (10/9).

Entretanto, a presença da norte-americana Fawcett mudou a história do jogo. A oposta deu a consistência que a equipe de Uberlândia precisa. Com isso, o Praia ganhou território, abriu uma  nova folga no placar e administrou até o fim da parcial: 25 a 17

Avassalador! Assim pode-se assim definir o segundo período da partida disputada em Santo André. O líder da competição seguiu imprimindo um forte ritmo no ataque, virando todas as bolas possíveis. Na metade do set o placar já apresentava uma larga vantagem para as visitantes, que comandadas por Fernanda Garay, venceram o segundo período com facilidade: 25 a 10. 

O enredo do terceiro e último set foi parecido com o do segundo. Nesta etapa foi possível perceber com ainda mais clareza a disparidade entre as duas equipes. Enquanto o Praia jogava naturalmente, parecendo estar em ritmo de treino, o Sesi-SP não conseguia de forma alguma superar a marcação adversária. Os erros da equipe paulista foram determinantes para mais uma derrota na competição: 25 a 11.