FC Porto: Lesão e polémica em torno de Maicon
Maicon, o alvo da revolta do Dragão.

FC Porto: Lesão e polémica em torno de Maicon

O defesa-central portista abandonou o jogo frente ao Arouca por lesão, depois de um erro que originou o segundo golo aos arouquenses. Porém, a situação de jogo e a forma como o fez revoltou os adeptos portistas, coroando o capitão com monumental assobiadela.

leandro-dinis
Leandro Dinis

Maicon Roque é dos jogadores mais experientes do plantel do FC Porto, chegando na época 2009/2010 proveniente do Nacional. Com o tempo, foi cimentando a sua posição no 'onze' e no balneário portista, apresentando um estatuto influente e constando na lista de capitães dos treinadores que passam pela Invicta. O acontecimento, no jogo frente ao Arouca, pode marcar negativamente a visão do jogador dentro do balneário e, até mesmo, repensar a sua condição de capitão. A ira demonstrada pelo público do Dragão não deve ser ignorada e o central enfrenta agora dois azares: a lesão e a revolta dos seus adeptos.

Minuto 65, minuto de desnorte

Pontapé de baliza cobrado por Bracalli, Walter González ganha nas alturas a Martins Indi, Maicon fica em plena posse de bola e, num autêntico disparate, tenta fintar em zona proibida. Resultado? Roubo de bola de Walter e o segundo golo do Arouca em pleno Estádio Dragão

Erro de levar as mãos à cabeça. (Foto: maisfutebol)

Maicon fica de imediato, no chão, a queixar-se de dores. É reatada a partida e, pouco depois, o homem que enverga a braçadeira de capitão faz sinal ao banco de suplentes, alertando o mesmo para a sua lesão e encaminha-se para a linha lateral, com o jogo a decorrer. Tal atitude mereceu reprovação por parte dos adeptos que não perdoaram Maicon na hora da substituição. Gigantesca assobiadela para o capitão azul e branco que, na opinião do público, teria tido uma atitude pouco profissional e não condizente com o estatuto do jogador

'Ecos' desfavoráveis fazem-se sentir

A partida saiu do relvado e saltou para as redes sociais. Em defesa do jogador, a esposa do mesmo fez declarações, no mínimo, fortes contra o departamento médico portista: “A culpa não é sua, já faz 4 meses que tenta voltar a 100% e não consegue porque o erro não foi seu e sim de quem se diz doutores! Um absurdo não conseguir melhorar um jogador que treina de manhã e à tarde todo o dia para voltar a jogar e pede para parar e não pode!”. 

A revolta dos adeptos portistas fazem-se sentir de todas as maneiras, pedindo reações da SAD às declarações em defesa de Maicon, 'chuva' de críticas nas redes sociais do jogador e até mesmo vozes que defendem o fim de ciclo de Maicon com a camisola azul e branca. Não se avizinham semanas fáceis para o central que, segundo o boletim clínico portista, efetua tratamento a dores no adutor esquerdo.

VAVEL Logo
CHAT