Balotelli é apresentado pelo Nice e rebate críticas: "Não represento risco"

Principal contratação do Nice para a temporada, Balo usará a camisa 9; atacante falou sobre sua carreira, Ligue 1 e a Liga Europa

Balotelli é apresentado pelo Nice e rebate críticas: "Não represento risco"
Foto: Divulgação/OGC Nice

Contratado no último dia da janela de transferências, o atacante Mario Balotelli foi apresentado pelo OGC Nice nesta sexta-feira (2), em coletiva de imprensa. O italiano chega de maneira definitiva e sem custos de transferência ao time do sul da França, onde pretende retomar sua carreira após inúmeras polêmicas e temporadas abaixo da expectativa.

A equipe encerrou o mistério e divulgou que Mario Balotelli vestirá a camisa 9 nesta temporada. A explicação, segundo nota oficial, é que o número foi escolhido por ser o mesmo utilizado na Seleção Italiana e por ser a soma de 4 + 5, do #45 que ele usou em todos os clubes que jogou. Uma regra da LFP restringe o uso de certas numerações, por isso a mudança.

Mario não fugiu das perguntas e manteve a postura contundente: “A carreira que eu tenho tido, é diferente do que tem sido escrito na imprensa. Para mim, não represento um risco. Tive problemas físicos, mas um risco? Não!

+ Deadline Day: Resumo das negociações envolvendo equipes do futebol francês

Questionado sobre a decisão de atuar por uma equipe de menor expressão na Europa e sem muita mídia na França, o atacante afirmou: “É apenas uma decisão esportiva, do futebol. Outras equipes, incluindo grandes, entraram em contato, mas eu preciso jogar. Eu gostei do projeto e espero que esse ano seja muito bom. Aqui, o treinador acredita em mim e é por isso que estou aqui.

Especulado em várias equipes da Itália, incluindo o Palermo, Mario surpreendeu a todos acertando sua transferência para a França. O Nice “recuperou” a carreira do problemático Ben Arfa, que hoje está no PSG. Perguntado sobre um possível retorno ao seu país de origem, Balo negou: “Não, eu não vou voltar a jogar na Itália no momento.

A França venceu a Itália por 3 a 1 nesta quinta-feira e o assunto não foi ignorado por Balotelli, que falou sobre seu distanciamento da seleção italiana: “Todo mundo sabe que eu gosto da Squadra, mas eu não merecia ser convocado. Agora, eu estou concentrado no Nice. Já se passaram dois anos que estou fora da Seleção, eu posso seguir sem. Durante a Euro, doeu, pois eu queria jogar. Eu não assisti o jogo ontem, estava em um jantar com a equipe.

Ao ser questionado sobre seu conhecimento a respeito do Nice, ele foi sincero: “Eu não sei não muito. Eu sei que a equipe terminou a Ligue 1 em quarto. Esta é uma equipe que vai jogar bola e eu gosto quando há o jogo. É um campeonato muito táctico e muito físico. Eu não quero analisar o campeonato, Eu acho que a minha equipe tem que se concentrar no nosso jogo.

Sobre a Liga Europa, na qual o time está no Grupo I ao lado de Krasnodar, Red Bull Salzburg e Schalke 04, Mario disse: “Nenhuma equipe joga uma competição para perder. Eu vou para ganhar. O Nice joga para ganhar.