Lyon joga melhor e vence Dinamo Zagreb na primeira partida da Champions League

Gones foram mais objetivos e superaram os croatas no primeiro jogo pela UCL

Lyon joga melhor e vence Dinamo Zagreb na primeira partida da Champions League
Foto: Divulgação/Uefa
Lyon
3 0
Dinamo Zagreb
Lyon: Anthony Lopes; Yanga-Mbiwa, N’Koulou, Morel; Gonalons (Tousart Min. 32), Ferri, Sergi Darder; Rafael, Rybus; Tolisso (Ghezzal Min. 78), Cornet (Kalulu Min. 72). Técnico: Bruno Genésio
Dinamo Zagreb: Semper; Stojanovič, Benkovic, Schildenfeld, Coric (Fiolic Min. 54); Jonas (Gojak Min. 85), Paulo Machado (Situm Min. 68); Pavicic, Pivaric; Soudani, Junior Fernandes. Técnico: Zlatko Kranjcar
Placar: 1 – 0 Min. 13 Tolisso, 2 – 0 Min. 49 Ferri, 3 – 0 Min. 57 Cornet.
ÁRBITRO: Martin Strömbergsson (Suécia) Cartões Amarelos: Jonas (Min. 4), Pivaric (Min. 26), Junior Fernandes (Min. 41), Rafael (Min. 84).
INCIDENCIAS: Partida Válida Pela Fase de Grupos da Uefa Champions League 2016/17. Estádio: Stade de Lumières/Lyon (França)

Lyon e Dinamo Zagreb se enfrentaram nesta quarta-feira (14) pela primeira rodada da fase de grupos da Uefa Champions League, no Stade de Lumières, em Lyon, em jogo válido pelo Grupo H. Os gones esperavam fazer uma campanha melhor nesta temporada e avançar para próxima fase contra uma equipe que está aparecendo com frequência na competição.

A partida foi movimentada e os donos da casa venceram pelo placar de 3 a 0, com gols de Tolisso, Ferri e Cornet. O resultado deu os primeiros pontos aos gones na competição, e os azuis ficaram zerados nesta primeira partida.

LEIA MAIS: Juventus e Sevilla fazem jogo truncado na Itália e não saem do zero

O próximo jogo do Lyon pelo grupo será fora de casa contra o Sevilla no Ramon Sanchez Pijuán, Enquanto que o Dinamo Zagreb recebe a Juventus no Stadion Maksimir. Os jogos serão no próximo dia (27). Pela Ligue 1, os gones vão até o Stade Velodrome enfrentar o Olympique de Marseille. Já os azuis jogam foram de casa contra o Rijeka pela Liga Croata. As partidas ocorrerão no próximo domingo (18).

Lyon joga melhor e Tolisso marca na etapa inicial

Os gones buscavam o primeiro triunfo diante da sua torcida e logo aos 2 minutos Rybus cobrou o escanteio aberto e serviu para Ferri, o volante arriscou do meio da rua e mandou por cima da meta adversária. Em seguida foi à vez de o polonês ter uma boa chance, mas parou na boa defesa de Semper.

A equipe da casa continuou na pressão e aos 10 minutos Cornet teve uma grande oportunidade e desperdiçou. Depois o mesmo jogador perdeu mais uma ocasião de gol e mandou pra fora.

Mas aos 13 minutos conseguiram abrir o marcador Ferri tabelou com Rafael, o lateral brasileiro levantou na cabeça de Tolisso e o volante mandou para as redes, deixando sua equipe na frente do marcador.

O time mandante continuou na pressão e aos 21 minutos Rybus serviu para Sergi Darder arriscar só que o goleiro croata estava atento e fez a defesa. Depois foi a vez de Gonalons desviar de cabeça e mandar pra fora.

Nas raras oportunidades dos visitantes foram na cobrança de falta batido pelo português Paulo Machado só que mandou pra fora. No fim o brasileiro Jonas arriscou de fora da área e Anthony Lopes espalmou para o lado.

Ferri e Cornet marcam e decretam a vitória do Lyon

Na etapa final a equipe da casa aumentou o marcador logo aos 4 minutos na tabelinha entre Cornet e Ferri, o atacante tocou para o volante bater na saída do goleiro e marcar um belo gol, deixando sua equipe com uma boa vantagem.

Mesmo perdendo os croatas foram pra cima e o argelino Soudani arriscou ao gol e obrigou Anthony Lopes a fazer a defesa. Em seguida o mesmo jogador foi acionado por Fernandes só que a marcação estava atenta e afastou.

Mas aos 12 minutos os mandantes aumentaram o placar e se aproveitaram de uma saída errada defesa adversária, Cornet roubou a bola e tocou para Tolisso o devolver e o camisa 27 deixou o dele na partida.

A equipe mandante teve mais uma ocasião de gol aos 27 minutos o jovem Kalulu serviu a Ghezzal, e o meia-atacante arriscou cruzado, obrigando o goleiro Semper a espalmar para tiro de canto.

Os azuis perderam mais uma chance de descontar com Soudani que mandou no travessão e na sobra bateu por cima. Ainda criaram outra jogada Pivaric levantou para o camisa 2 tentar de voleio, mas mandou sem direção. No final tiveram outra bola na trave desta vez com Situm e depois na sobra o argelino desperdiçou.