CRB e Bahia se enfrentam em confronto direto por vaga no G-4

Com mesma situação e apenas um ponto atrás do Ceará, Galo e Esquadrão disputam um lugar no grupo classificatório à elite

CRB e Bahia se enfrentam em confronto direto por vaga no G-4
Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia
CRB
Bahia
CRB: Júlio César; Bocão, Flávio Boaventura, Diego Jussani e Pery; Olívio, Matheus Galdezani, Diego e Gerson Magrão; Luidy e Zé Carlos. Técnico: Mazola Júnior
Bahia: Muriel; Tinga, Jackson, Tiago e Moisés; Luiz Antônio, Juninho e Renato Cajá; Edigar Junio, Allano e Hernane. Técnico: Guto Ferreira
ÁRBITRO: Raphael Claus (SP)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 27ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2016, a ser realizada no Rei Pelé, em Maceió, Alagoas

A briga por um espaço no G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro 2016 tá cada vez mais eletrizante e aumentando, assim, o número dos concorrentes. Neste sábado (24), às 16h20, CRB Bahia vão duelar no Rei Pelé, em Maceió, em partida válida pela 27ª rodada por uma vaga no grupo classificatório à elite, fazendo confronto "de seis pontos".

Vindo em sequência conturbada, apesar de ser o time que ficou mais vezes entre os quatro melhores, o Galo da Pajuçara visa melhor fase e tenta voltar a fazer boa figuração. No último fim de semana, a equipe regatiana foi até São Luís encarar o lanterna Sampaio Corrêa, porém empatou em 1 a 1, que deixou os alagoanos na 6ª colocação, com 39 pontos.

Já o Esquadrão está com uma série mais positiva e busca também ir à zona de classificação à Série A. Contra o Goiás, no último sábado (17), o Tricolor da Boa Terra demonstrou forças em sua casa e, com direito a gol olímpico, bateu o Goiás por 4 a 2. O triunfo fez os baianos irem à 5ª posição e somando os mesmos 39 pontos do adversário, o que o fez ficar colado aos rivais.

CRB modificado para confronto direto com o Bahia

Tentando deixar a série negativa de lado, o CRB vai a campo com três peças novas em relação ao último jogo. Dessas, duas vão ser forçadas, uma vez que o lateral-direito Marcos Martins - Bocão assume a vaga - e o atacante Neto Baiano, ambos suspensos, não poderão jogar. Na referência, Zé Carlos foi o escolhido para atuar ao lado de Luidy, pois é a esperança de gols.

O lateral-esquerdo Pery e o volante Olívio, que voltam de suspensão, fazem com que Diego seja deslocado ao meio junto a Gérson Magrão, enquanto Geandro é sacado. De resto, Mazola não fez mudanças, com grandes chances de fazer manutenção da base considerada titular na reta final da Segundona.

Ressaltando as derrotas dos adversários diretos por um espaço no G-4, mesmo com a má fase do Galo, o técnico destaca que o equipe irá a campo merecendo vencer. De acordo com o comandante regatiano, o empenho mostrado pelos jogadores, não apenas nos treinos, não são totalmente eficazes para sair vitorioso.

"Vem ajudando já há muito tempo e, com isso, precisaremos nos ajudar também, não poderemos contar sempre que possível com ajuda divina. Estamos sendo merecedores disso, verdade seja dita, porque trabalha-se muito aqui no CRB, porém a gente não pode ficar contando com isso sem fazer nossa parte, pois tem muitas outras equipes e muitos outros jogadores trabalhando também, fazendo por merecer", disse Mazola.

Bahia com uma baixa para partida de "seis pontos"

A boa fase vem fazendo a torcida do Bahia sorrir a toa e isso pode vir a se prolongar, pois o time pode entrar no seleto grupo classificatório à elite. Para adentrar no G-4, o Esquadrão de Aço tem três desfalques, contudo apenas um desses esteve em campo na última rodada. Trata-se do lateral-direito Eduardo, que recebeu o terceiro amarelo e terá o jovem Tinga como substituto.

Gustavo e Mário, que são ausência no Tricolor, ainda permanecem de fora por estarem se recuperando de cirurgia. Vindo do Internacional, o goleiro Muriel vem agradando e segue de titular, bem como a dupla de zaga e a equipe do meio para frente, com Guto Ferreira apostando na manutenção da base.

Ciente das dificuldades, o comandante dos baianos exige que os seus jogadores entrem cientes da importância do duelo diante do Galo da Pajuçara. O técnico cita o entrosamento como um ponto ainda crítico, mas destaca a necessidade de corrigir os erros cometidos nos últimos compromissos e a imposição longe de casa para ficar mais estável no certame nacional.

"A gente sabe que será um confronto direto ante o CRB, pois é um jogo complicado. Mesmo assim, a gente vai lá para tentar ganhar, já que é um jogo muito importante. Estamos se entrosando e, precisamos, nesse jogo, nos impor fora de casa. Precisamos também acertar mais passes e evitar os erros que tivemos nos últimos jogos", declarou Guto.