Avaí busca quebrar retrospecto contra ameaçado Oeste para seguir no G-4

Cinco encontros anteriores terminaram empatados, inclusive o jogo do primeiro turno na Ressacada; Rubrão precisa de pontos para não voltar ao Z-4, enquanto Leão pode abrir vantagem maior para o 5º colocado

Avaí busca quebrar retrospecto contra ameaçado Oeste para seguir no G-4
Foto: Jamira Furlani/Avaí FC
Oeste
Avaí
Oeste: Felipe Alves; André Castro, Bruno Silva, Felipe Rodrigues; Betinho, Rodolfo, Pedro Carmona, Léo Artur; Marquinho, Crysan, Mike. Técnico: Fernando Diniz
Avaí: Renan; Alemão, Fábio Sanches, Betão, Capa; Luan, Judson, João Filipe, Renato, Diego Jardel; Rômulo. Técnico: Claudinei Oliveira
ÁRBITRO: Bruno Arleu de Araujo, que será auxiliado por Dibert Pedrosa Moisés e Thiago Henrique Neto Correa Farinha, todos do RJ
INCIDENCIAS: Partida válida pela 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2016, na Arena Barueri, SP; a partida começa às 19h15 (horário de Brasília)

No duelo entre o pior e o melhor time do returno da Série BOeste Avaí se enfrentam na Arena Barueri nesta terça-feira (8), às 19h15, tentando se aproximar de seus objetivos na competição. Com três pontos e uma posição à frente do Joinville, 17º colocado, o time paulista pode entrar caso perca. Já o Leão, com quatro pontos de vantagem para o Náutico, 5º colocado, pode se aproximar cada vez mais do retorno à Série A.

No primeiro turno, na Ressacada, o jogo terminou empatado em 1 a 1. Renan Mota marcou para os paulistas e Tatá empatou o jogo. Na história, foram cinco encontros entre Oeste e Avaí e todos terminaram empatados.

Sem vencer a 13 jogos, Oeste precisa vencer para afastar rebaixamento

Com cinco empates em sequência, o Oeste não conseguiu embalar no returno e continua ameaçado pelo rebaixamento. O empate sem gols contra o Bragantino fora de casa deixa o time com 36 pontos, em 16º lugar, três acima do Joinville, primeiro time dentro do Z-4. O Rubrão não vence a 13 jogos, tem a pior campanha do segundo returno e só tem uma vitória na metade final do campeonato: 1 a 0 contra o Paysandu, na 21ª rodada.

O técnico Fernando Diniz não tem nenhum desfalque para a partida na Arena Barueri. O atacante Marcos Vinícius, que não atuava desde o jogo contra o Sampaio Corrêa, na 31ª rodada, volta a estar à disposição e destacou a importância da partida nesta terça-feira (8).

"Estou feliz de poder voltar e ajudar a equipe. Tive algumas lesões que me atrapalharam nesse returno. É um momento de superação para todos nós, porque precisamos continuar firmes na nossa luta. É um jogo importante e decisivo, hora de voltar a vencer", afirmou.

Sem Marquinhos, Avaí quer aumentar vantagem no G-4

A vitória por 1 a 0 sobre o Paraná na última rodada, manteve o Avaí na 3ª colocação e aumentou vantagem para o Náutico, primeiro time fora do G-4. Com 58 pontos e a melhor campanha do segundo turno, o Leão calcula mais ou menos sete pontos para garantir o retorno à Série A.

O técnico Claudinei Oliveira destacou, apesar da situação ruim na tabela, as qualidades do Oeste, mas ressaltou que o Avaí precisa aproveitar as situações para vencer o jogo fora de casa e abrir maior vantagem no G-4.

"O nosso foco é no Oeste, uma equipe muito difícil e que não tem tido resultado. Contra o Luverdense teve chances de ganhar. O Fernando gosta de propor o jogo. É ter atenção e roubar uma bola no campo de ataque e definir. É respeitar o adversário como a gente vem fazendo e voltar com pontos de lá, que seja um ou três para que possamos ter uma folga na tabela de classificação", disse.

Em relação à rodada anterior, o Avaí não poderá contar com o meia Marquinhos, poupado. Para o seu lugar, entra o volante Luan, que cumpriu suspensão contra o Paraná. O zagueiro Gabriel, reserva, está com a Seleção Sub-20 e também é desfalque.