Mário Bittencourt, sobre estádio: "É viável, mas precisa de investidores"

Candidato concedeu entrevista exclusiva à VAVEL Brasil; Eleição presidencial ocorre na segunda quinzena de novembro

Mário Bittencourt, sobre estádio: "É viável, mas precisa de investidores"
Mário Bittencourt, sobre estádio: "É viável, mas precisa de investidores"

As eleições do Fluminense se aproximam e os candidatos ao pleito presidencial começam a divulgar seus planos para o mandato. Mário Bittencourt, candidato da  'Fluminense me domina' que traz Ricardo Tenório como vice de chapa, concedeu entrevista exclusiva à VAVEL Brasil e comentou sobre as mudanças que deseja fazer no clube. Segundo ele, estar presente para defender o Fluminense nos piores momentos da história recente do Fluminense é seu maior trunfo por não fugir das responsabilidade.

+ Eleição Presidencial: VAVEL entrevista Mário Bittencourt

"Qualquer candidato que se propõe a fazer um estádio e quer ser eleito como presidente do Fluminense precisa falar a realidade para o torcedor. Não é simples, não é fácil, e por isso que antes de ter o projeto a gente contratou um estudo de viabilidade. É viável, mas há necessidade de que a gente busque investidores para que isso aconteça. E óbvio que quem viu nossa apresentação sabe que queremos manter nosso direitos sobre o Maracanã, porque a gente não vai ter um estádio daqui a cinco, seis meses, e nós precisamos jogar em 2017 em algum lugar"

Candidato da Fluminense me domina, Mário Bittencourt é um dos quatro concorrentes à presidência do Fluminense para o triênio 2017-2019. Além dele, Celso Barros, Pedro Abad e Cacá Cardoso almejam ao cargo que atualmente pertence a Peter Siemsen, reeleito em 2013. As eleições ocorrem na segunda quinzena de novembro, em Laranjeiras.