Dybala marca, Juventus bate Milan e garante vaga nas semifinais da Copa Itália
Dybala comemora primeiro gol com companheiros (Divulgação: Juventus FC)

Com dois gols no primeiro tempo, a Juventus bateu o Milan por 2 a 1 no Juventus Stadium, em Turim, em partida válida pelas quartas-de-final da Copa Itália e garantiu vaga na próxima fase da competição. Os gols foram marcados por Paulo Dybala, Mirajem Pjanic e Carlos Bacca.  

Agora, a Vecchia Signora se classificou para as semifinais e vão encarar o Napoli em datas que ainda serão confirmadas. Já o Diavolo irá se concentrar apenas na Serie A, pois também não está em nenhuma competição europeia. 

No final de semana vão jogar pela Serie A: a Juventus vai visitar o Sassuolo, no domingo, ao 12h (de Brasília). O Milan tentará recuperação diante da Udinese, fora de casa, no mesmo dia e horário.  

Juventus domina e abre vantagem 

O panorama da primeira etapa foi uma durante todos os 45 minutos, a Juventus se defendendo muito bem e explorando os contra-ataques de forma muito eficiente, contra um Milan que manteve a posse de bola, mas completamente sem criatividade.  

E logo na primeira chegada, a Vecchia Signora chegou ao seu primeiro gol: Asamoah cruzou da esquerda, a bola resvalou em Antonelli e sobrou para Dybala que de perna direita, mandou um chute forte de primeira para o fundo do gol. O Milan tentou reagir, mas com Bonaventura e Suso muito bem marcados, os meio-campistas ficavam sem opções.  

Alguns minutos mais tarde, Asamoah fez grande jogada e foi derrubado por Kucka, na cobrança, Pjanic mandou a bola com muita categoria, no ângulo de Donnarumma que nada pôde fazer. Um golaço. Khedira também balançou as redes, mas o alemão estava em posição ilegal após rebote de Donnarumma em um chute forte de Higuaín.  

Em outra chegada da Juventus, o colombiano Cuadrado poderia ter tido mais uma chance, mas o jogador não viu uma bola que sobrou na pequena área. A única chegada do Milan foi em cobrança de falta de Suso, mas Bacca e Bertolacci se enrolaram com a bola, conseguindo somente um escanteio que a defesa afastou posteriormente.  

Milan diminui, mas não evita eliminação 

A segunda etapa começou muito quente e logo aos cinco minutos, Bacca aproveitou uma bola rebatida e mandou um lindo chute no ângulo do goleiro Neto, colocando o Milan de volta na partida. Mas quando uma pressão rossonera poderia começar, Locatelli, já amarelado, cometeu falta em Dybala e foi expulso.  

Com isso, a Juventus que estava um pouco encolhida em seu campo, se lançou ao ataque na esperança de matar o confronto. Em uma cobrança de escanteio, Mandzukic subiu mais do que todo mundo e cabeceou muito perto do gol defendido por Donnarumma. Na sequência, Cuadrado fez ótimo cruzamento para a área, Mandzukic apareceu livre na pequena área, mas cabeceou pra fora, perdendo um gol feito.  

O Milan voltou a assustar em cobrança de falta ensaiada, Bonaventura rolou para Kucka que chutou muito forte no canto, mas Neto conseguiu espalmar para escanteio. A Juventus voltou a assustar com Khedira que apareceu de frente para o gol e finalizou, mas Alex Sandro entrou na frente da bola e atrapalhou a jogada.  

Depois, Higuain recebeu na entrada da área e mandou um belo chute de primeira, mas mandou por cima. Alguns minutos depois, Pjanic conseguiu finalizar uma jogada com uma acrobacia, mas Donnarumma fez grande defesa e evitou o gol bianconero.  

Nos minutos finais, Montella colocou o estreante Deulofeu em campo e o espanhol quase marcou depois de receber um belo lançamento, ele driblou o zagueiro Rugani, mas na hora de finalizar, chutou fraco e facilitou o intervento do goleiro Neto. A partida seguiu muito combatida, mas o resultado seguiu inalterado até o fim e a Juventus garantiu a classificação.  

VAVEL Logo