Com retornos de Busquets e Iniesta, Barcelona busca liderança contra Alavés

Na última terça (7), o Barcelona passou pelo Atlético de Madrid e carimbou presença na final da Copa do Rei. Um dia depois, foi a vez do Alavés bater o Celta e se candidatar ao título. Dias depois, já neste sábado (11), os dois times se enfrentam, mais de três meses antes da decisão, que ainda não tem local definido. A bola rola às 13h15 (de Brasília) na cidade de Vitoria, estádio Mendizorrotza, pela 22ª rodada da La Liga.

A equipe do trio MSN soma 45 pontos, um a menos que o líder Real Madrid, que ainda tem dois jogos a menos pela competição. Justamente por isso, precisa vencer. Com 27 pontos conquistados, os bascos são, atualmente, 12º colocados.

Busquets e Iniesta voltam, mas Piqué, Arda e Rafinha ficam de fora

Desde que 2017 começou, o Barcelona entrou em campo em todos os meios e finais de semana. Até agora, foram 11 compromissos no ano que recém está no segundo mês. A alta carga de partidas obriga o técnico Luis Enrique a rodar o elenco, buscando manter as condições físicas dos atletas em nível satisfatório para a reta final da temporada.

Contra o Alavés, mais uma vez, o comandante promove o chamado rodízio. Mas há notícias boas também. Recuperados de lesão, Busquets e Iniesta, que entraram no segundo tempo diante do Atlético de Madrid, podem finalmente começar como titulares. Por outro lado, Piqué, que realizou trabalho específico na última sessão de treinamento, e Arda Turan, com dores musculares na perna esquerda, são ausências confirmadas.

Além deles, Rafinha, ainda sofrendo as consequências do corte no rosto sofrido em lance com Ter Stegen, na vitória sobre o Athletic Bilbao, sábado passado, também fica de fora. Para completar a lista de desfalques, Javier Mascherano. O argentino tem lesão no bíceps femoral da coxa esquerda e só deve retornar em cerca de duas semanas, perdendo inclusive o jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, marcado para esta terça (14), contra o PSG em Paris.

Na lista de relacionados, já confirmada pelo clube catalão, figuram apenas dois zagueiros: Umtiti e Mathieu, que formarão dupla de zaga titular. O trio de ataque também é presença certa, com Paco Alcácer sendo opção no banco. Para o meio-campo, Luis Enrique tem várias opções: Busquets, Rakitic, Iniesta, André Gomes, Denis Suárez e Carles Aleñà - este último do time B. No 11 inicial, podem aparecer os nomes de Aleix Vidal e Lucas Digne, por exemplo, com Sergi Roberto e Jordi Alba descansando.

A delegação do Barça viajou na noite de sexta-feira para o País Basco. Como de costume, Lucho concedeu entrevista coletiva pré-jogo. ''Não me importo em ser líder amanhã. Só me interessa a liderança na 38ª rodada, que é quando isso tudo acaba. Considero o Alavés a equipe revelação desta Liga. Se nos ganharemos novamente, não será nenhuma surpresa'', disse o comandante.

Vivendo grande momento, Alavés sonha em repetir façanha do primeiro turno

No dia 10 de setembro, então pela terceira rodada do Campeonato Espanhol, o Alavés foi ao Camp Nou como um recém-promovido a primeira divisão nacional após mais de uma década. Aproveitando as ausências de Messi e Suárez, que começaram no banco após uma Data Fifa, a equipe alviazul de Vitoria venceu por 2 a 1, com um gol, inclusive, do brasileiro Deyverson. Dono de um sistemas defensivos mais sólidos em comparação aos outros times de menor orçamento da liga, o time leva bons resultados no histórico da temporada atual, como dois empates contra o Atlético de Madrid.

Hoje, cinco meses depois, o panorama é diferente para o reencontro. A temporada vai chegando a fase derradeira, e os bascos vivem momento espetacular. Com campanha regular e satisfatória na liga, ainda alimentam o sonho de conquistarem pela primeira vez na história a Copa do Rei, justamente contra o Barça. O técnico Mauricio Pellegrino falou sobre a fase dos comandados: ''Enfrentaremos um time de estrelas, dos melhores do mundo. Vão nos obrigar a elevar muito o nível de jogo para termos possibilidades''.

Celebração do gol de Édgar Méndez contra o Celta (Foto: Vincent West/Reuters)
Celebração do gol de Édgar Méndez contra o Celta (Foto: Vincent West/Reuters)

Na entrevista coletiva da véspera do jogo, o comandante argentino do clube espanhol ainda disse que ''é preciso um alinhamento dos planetas para ganhar do Barcelona. Para confronto em Mendizorrotza, Pellegrino não pode contar com o autor do gol da classificação à final da Copa, o meia Édgar Méndez. Minutos depois de ir às redes diante do Celta de Vigo, o jogador sofreu uma lesão no bíceps femoral da coxa esquerda.

VAVEL Logo