Deco elogia Iniesta, mas define principal sucessor em campo: "Modric é fantástico"

O nome de Deco está nas mais páginas vitoriosas do futebol de Porto, Barcelona, Chelsea e Seleção Portuguesa graças aos méritos e títulos conquistados nos clubes. Além das quatro equipes, o meia nascido no Brasil e natualizado português concedeu entrevista à imprensa internacional onde foi perguntado sobre vários quesitos. Dentre eles, qual jogador em campo hoje poderia ser considerado seu sucessor, debaixo do seu ponto de vista. E Deco respondeu diretamente: Luka Modric, atualmente no Real Madrid.

Modric também tem conquistou a Uefa Champions League na carreira com a equipe merengue, na temporada 2013-2014. Durante as semifinais contra o Bayern de Munique, sua atuação foi bastante exaltada por ditar o ritmo de jogo e anular o jogo bávaro na acachapante goleada que resultou em um placar agregado de 5 a 0.

"Eu amo ver Iniesta em campo, mas Modric é fantástico", afirmou Deco ao comentar sobre os futebolistas que mais aprecia ao assistir futebol do outro lado do campo, uma vez que se aposentou. O ex-jogador também deixou bem claro que o croata é o atleta que mais se compara ao seu próprio perfil durante os tempos que atuava no futebol do Velho Continente.

(Foto: Guiseppe Bellini/Getty Images)

Deco também deixou bem claro quem mais exerceu inflluência em sua carreira futebolística, que durou cerca de 15 anos. Mesmo comandado por treinadores prestigiados como Luiz Felipe Scolari, José Mourinho, Frank Rijkaard e Carlo Ancelotti, nenhum destes foi o grande responsável por seu sucesso nos gramados, segundo ele. "Eu tinha um monte de treinadores fantásticos e pessoas envolvidas na minha vida. Mas, é claro, o meu pai tinha maior influência", comentou.

Durante entrevista concedida ao veículo Squakwa, Deco comentou sobre seu futuro no futebol. Indagado sobre uma possibilidade de se tornar treinador, o meia luso-brasileiro afirmou que é necessário mudar muita coisa se quiser comandar alguma equipe na beira do gramado.

"Eu ainda sou jovem, tenho 38 anos, e ainda tenho que ver. Eu ainda estou envolvido no futebol, mas para ser um treinador você tem que se preparar muito bem. Quando você é um grande jogador que jogou em um nível elevado ajuda, mas não é suficiente. É por isso que eu preciso, se eu mudar de ideia no futuro, estudar e me preparar", concluiu.

Deco tem 38 anos e o primeiro time no futebol profissional foi o Corinthians, onde não teve sucesso. Foi transferido ao CSA, onde conquistou o primeiro título como jogador em 1997, o bicampeonato alagoano. Em seguida, começou a escrever bela história no futebol português, onde foi negociado ao Benfica, mas não defendeu os encarnados. Jogou no Alverca e no Salgueiros até fazer sucesso com a camisa do Porto. Depois fez parte do grande elenco do Barcelona comandado por Ronaldinho Gaúcho, e depois jogou no Chelsea e encerrou a carreira no Fluminense.

VAVEL Logo