Atlético de Madrid e Lokomotiv Moscou iniciam batalha por uma vaga nas quartas da UEL
Jogadores treinam visando ao jogo contra os russos (Foto: Ángel Gutiérrez/Atlético de Madrid)

Atlético de Madrid e Lokomotiv Moscou iniciam batalha por uma vaga nas quartas da UEL

Comandados de Simeone vem de derrota para o Barcelona no último domingo (4), pelo Campeonato Espanhol, cujo distanciou a equipe da liderança; clube russo lidera sua competição nacional

kayo-henrique
Kayo Henrique
Atlético de MadridOblak; Filipe Luís, Godín, Giménez, Vrsaljko; Koke, Gabi, Thomas Partey, Saúl; Griezmann, Diego Costa. Técnico: Diego Simeone
Lokomotiv MoscouGuilherme; Denisov, Pejcinovic, Kvirkvelia, Ignatjev; Manuel Fernandes, Kolomeitsev, Igor Denisov, Anton Miranchuk; Aleksey Miranchuk, Ari. Técnico: Yuri Semin
ÁRBITROJakob Kehlet (DIN)
INCIDENCIASPartida válida pela ida das oitavas de final da Liga Europa, realizada no Estádio Wanda Metropolitano, em Madrid, Espanha.

Às 15h desta quinta-feira (8), o Atlético de Madrid e Lokomotiv Moscou duelam em confronto válido pela ida das oitavas de final da Uefa Europa League. O clube colchonero vem de derrota no Campeonato Espanhol diante do Barcelona e se distancia do sonhado título da competição. Já aquipe russa é líder do Campeonato Russo

O Atlético de Madrid acumula 61 pontos, contra 69 do líder Barcelona, e a derrota no confronto direto pela disputa, culminou numa eventual 'toalha jogada' para a competição. Lokomotiv Moscou lidera com 46 pontos, sete a mais que o více-líder, o Krasnodar. 

Em específico, ambas equipes surgiram no caminho da outra apresentando um futebol vistoso, saindo vitorioso dos dois duelos na última fase da UEL. O Atlético de Madrid totalizou um placar de 5 a 1 no agregado em relação ao Copenhague. No lado adverso, o Lokomotiv Moscou consolidou a classificação com agregado de 4 a 2, vencendo as duas partidas diante do Nice

Retrospecto convincente; Atlético de Madrid venceu 8 dos últimos 9 jogos

Com 21 gols marcados nos últimos 9 jogos, o retrospecto da equipe do técnico Diego Simeone contribui para a confiança da equipe, entretanto, em detrimento disto, os colchoneros sofreram um pequeno 'baque' com a derrota para o Barcelona no último jogo antes do duelo pela competição europeia. 

Associando os aspectos positivos, a equipe também conta com a retomada de Antoine Griezmann, que vem recuperando gradativamente o bom futebol nos últimos jogos. Com direito a três gols marcados contra o Sevilla, e quatro contra o Leganés, o francês segue imparável. 

Além do atacante francês, o centroavante espanhol Diego Costa também estará em campo no confronto, fazendo uma dupla de ataque impecável e goleadora, sendo a válvula de escape do pragmatismo habitual do 4-4-2 reativo dos comandados de Simeone. Ambos estarão aptos para jogo.

Respeitoso com o adversário, Diego Simeone deu declarações ressaltando a virada diante do Nice, no Allianz Riviera, no jogo da ida, e também reforçou o espírito competitivo da equipe russa.

"Lokomotiv é uma equipe com coragem e coração. Eles estavam perdendo por 2-0 contra o Nice e viraram o jogo, vencendo por 3-2. Tenho muito respeito por Yuri Semin (técnico do Lokomotiv Moscou)", disse. A equipe russa chegou a perder por 2 a 0, mas conseguiu virar a partida e sacramentar a vitória, encaminhando a classificação desde então.

Perguntado sobre como faria para transpor o forte adversário, Simeone foi curto e objetivo: "Temos que jogar bem amanhã no Wanda Metropolitano", finalizou.

Lokomotiv Moscou dominante na competição nacional e deixando para trás o forte Nice 

O líder do Campeonato Russo e classificado em primeiro no seu grupo da Europa League, o Lokomotiv Moscou, na última fase, enfrentou a equipe francesa e não tomou conhecimento. Com um 3 a 2 no Allianz Riviera e 1 a 0 em seus domínios, a equipe passou sem muitas dificuldades.

Os grandes destaques da equipe: o jovem Aleksey Miranchuk e o português Manuel Fernandes são as principais peças caso a equipe queira 'aprontar' contra o forte rival espanhol. Jefferson Farfán e Ari são desfalques para a partida.

Elogiado por Diego Simeone, o técnico do Lokomotiv, Yuri Semin, não poupou elogios ao adversário e também ao técnico argentino: "é um exemplo... de como você tem que lidar com as partidas com todos os seus esforços e até o limite de sua habilidade. É assim que o Atlético joga. É o seu estilo distintivo, porque, possivelmente, era também o seu treinador (Simeone) como jogador", disse.

Reforçando o que foi dito pelo ídolo colchonero, Yuri Semin mostrou-se confiante para o confronto: "Nós também temos características distintivas e queremos demonstrar isso no jogo de amanhã", finalizou.

VAVEL Logo

Liga Espanhola Notícias

há um dia
há 2 dias
há 4 dias
há 8 dias
há 8 dias
há 9 dias
há 9 dias
há 11 dias
há 11 dias
há 15 dias
há 15 dias