Arábia Saudita vira sobre Egito no fim e volta a vencer em Copas após 24 anos

Arábia Saudita vira sobre Egito no fim e volta a vencer em Copas após 24 anos

Com direito a gol nos últimos minutos e pênalti polêmico, Arábia Saudita vira o jogo e o Egito fica em uma fase constrangedora sem vitórias

bruna-zordan
Bruna Zordan
Arábia SauditaAl-Mosailem; Al-Burayk; Osama Hawsawi; Motaz Hawsawi; Al-Shaheani; Ateef; Al-Faraj e Al-Moghawi; Bahbir (Asiri, min. 19); Al-Dawsari e Al-Muwallad (Al-Shehri, min. 34). Técnico: Juan Antonio Pizzi
EgitoEl-Hadary; Fathi; Ali Gabr; Hegazy; Abdel-Shafi; Elneny e Hamed; Abdalla (Warda, intervalo); Mohamed Salah; Trezeguet (Kahraba, min 35) e Mohsen (Sobhi, min 18). Técnico: Héctor Cúper
Placar1-0, min. 21, Salah; 1-1, min. 50, Al-Faraj; 2-1, min. 48, Al-Dawsari
ÁRBITROWilmar Roldán. Cartões amarelos: Ali Gabr (min. 45+3) e Fathi (min. 40)
INCIDENCIASPartida válida pela última rodada da fase de grupos pela Copa do Mundo, disputada no estádio Arena Volgogrado, na Rússia.

Aos 48' do 2° tempo, o atacante Al- Dawsari marca o gol da virada para a Arábia, e o Egito por sua vez, perde mais um jogo durante a Copa. São três jogos e três derrotas, uma despedida sem pontos. Em um dia que poderia ser melhor para o Egito, o time se despede de um grande ídolo.

Mohamed Salah dá adeus a sua última competição e pode deixar a seleção por questões políticas. Salah não autorizou e reclamou da sua imagem ser usada no avião da delegação. Mesmo assim, o jogador entrou em campo e fez o único gol pelo Egito. O goleiro El Hadary bate recorde e é o jogador mais velho atuando em uma competição, com 45 (quarenta e cinco) anos. O jogador estreou no Egito em 1996 e este é a primeira Copa que El Hadary participa. 

Foto: FIFA/Getty Images
Foto: FIFA/Getty Images

Virada da Arábia Saudita 

O jogo foi bastante tenso e polêmico. No primeiro tempo, a Arábia sofreu dois pênaltis, um deles bastante duvidoso. Com um recorde na Copa, o goleiro Hadary conseguiu evitar o primeiro pênalti do batedor Al-Muwallad, garantindo a vitória do Egito. Mas não conseguiu a mesma felicidade com o segundo pênalti e o segundo com gol do time adversário. Salah também teve o seu momento no jogo.

Com 20 minutos de jogo, o atacante faz um belíssimo gol de cobertura em cima do goleiro Al-Mosailem. Pelo segundo tempo, o jogo foi não teve mais surpresas, mas mesmo assim, a Arábia conseguiu pressionar querendo a vitória de qualquer jeito e conseguiu nos últimos minutos da partida. O felizardo foi o atacante Al-Dawsari que recebeu a bola dentro da área batendo cruzado e de primeira. 

Pênalti Polêmico

O primeiro pênalti não teve o que reclamar. Aos 38' do 1° tempo, o lateral Al-Shahrani cruza e a bola bate no braço do jogador do Egito Fathi, mas o goleiro El Hadary faz a defesa. Já no segundo pênalti, esse sim foi bastante polêmico. O jogadador da Arábia, Al Dawsari foi puxado pelo Ali Gabr. Aos 46' do 1 tempo, o juiz pede ajuda ao arbitro de vídeo durando três minutos. Ali Gabr recebe cartão amarelo pelo puxão e enourrão, e o camisa 7 da Arábia, Al-Faraj bate no canto direito - no mesmo lugar que o último pênalti - e engana o experiente goleiro Hadary que pulou para o outro canto. 

Foto: FIFA/Getty Images
Foto: FIFA/Getty Images

Pelo Grupo A, Egito e Arábia já estão eliminadas da Copa. Arábia fica em terceiro lugar com três pontos e uma vitória. Já o Egito, essa foi a sétima partida sem vencer pela Copa, e deixa a competição em último lugar com zero pontos e zero vitórias. A Arábia volta a jogar em janeiro de 2019 pela Copa da Ásia, contra a Coréia do Norte. O Egito joga as elimonatórias da Copa Africana das Nações em setembro, contra a Níger.  

VAVEL Logo

Futebol Internacional Notícias

há um dia
há um dia
há um dia
há um dia
há um dia
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias