Ídolo da Roma, De Rossi se aposenta aos 36 anos
Foto:Reprodução/Boca Juniors

É oficial. Um dos maiores símbolos da Azzura e da Roma, Daniele de Rossi, se aposentou no dia 6, na Argentina. O anúncio foi feito ao lado do presidente do Boca Juniors Jorge Amor Ameal. Aos 36 anos, o volante italiano encerra assim uma das carreiras mais bonitas do futebol.

De Rossi foi o que se pode chamar de jogador de um clube só. Defendeu durante 18 anos apenas a Roma. De 2001 até 2019, quando jogou sua última temporada pelo Boca. O motivo? o atleta não negou que a dificuldade de estar longe da família na Itália pesou na sua decisão e tratou de desmentir boataria de doença na família: "Não há problemas de saúde para minha família. Saio porque sinto falta da minha família e também sinto falta deles. Aqui no Boca, a nova gerência me mostrou carinho e tentou me segurar, e eles me ofereceram ajuda para resolver o que está acontecendo comigo, mas a decisão é final. Não preciso de ajuda, mas tenho que voltar para minha casa".

De Rossi jogou 7 jogos no Boca Juniors e marcou um gol. Pela Roma foram 18 temporadas, 616 jogos e 64 gols. Foi Campeão do Mundo na Copa do Mundo de 2006. Curiosamente, seu estilo mais duro lhe rendeu dificuldades na época. Na última partida da fase de grupos contra os EUA, acertou uma cotovelada em McBride e só pode voltar na final contra a França de Zidane. Bem em tempo de ajudar a Itália ser tetracampeã na Copa da Alemanha.

Qualquer fã de futebol vai se lembrar de De Rossi como aquele jogador raçudo que qualquer um gostaria no seu time. Um atleta que era polivalente, se movimentava bem. Um meio defensivo clássico, mas que sabia jogar com a bola nos pés. 

Abaixo uma homenagem feita pela Roma. Só nos resta concordar com a legenda. Grazie Daniele. Grazie.

VAVEL Logo