Técnico Hansi Flick tem contrato prorrogado com Bayern de Munique até 2023
Foto: Divulgação/FC Bayern

Enquanto a pandemia do coronavírus paralisa o futebol em praticamente todo o mundo, com exceção aqui e acolá, as diretorias dos clubes trabalham para definir as mudanças no planejamento forçadamente alterado e ter um maior alcance, de olho nos próximos anos. No Bayern de Munique, não é diferente e a diretoria anunciou a extensão do vínculo contratual do técnico Hansi Flick com o clube até a metade de 2023. A decisão foi tomada pelo presidente Karl-Heinz Rummenigge, pelo membro do conselho Oliver Kahn e pelo diretor esportivo Hasan Salihamidzic.

Hansi Flick assumiu o comando da equipe bávara no último mês de novembro, após a demissão de Niko Kovac. Enquanto possíveis nomes para treinarem a equipe eram especulados, o Bayern manteve a invencibilidade na fase de grupos da Uefa Champions League e se recuperou na Bundesliga, competição que voltou a liderar e segue firme na briga pelo octacampeonato. Além dos resultados, outra razão para determinarem a prorrogação do contrato é a sua filosofia de trabalho, agradável a elenco e direção. Karl-Heinz Rummenigge corroborou com o fato ao explicar a renovação.

“O Bayern está muito satisfeito com o trabalho de Hansi Flick. A equipe se desenvolveu muito bem sob seu trabalho. Estão jogando futebol atraente, o que também se reflete nos resultados. Somos o único clube alemão presente ainda nas três competições (Uefa Champions League, Bundesliga e DFB Pokal). Além disso, gosto da maneira como ele lidera a equipe. Suas qualidades como pessoa são convincentes, ele tem empatia ao seu lado. O Bayern confia em Hansi Flick e estamos convencidos de que continuaremos alcançando nossos objetivos com ele no futuro”, afirmou o mandatário bávaro.

Foto: Divulgação/FC Bayern
Foto: Divulgação/FC Bayern

Aos 55 anos de idade, Flick conhece muito bem o ambiente por ter jogado no Bayern entre os anos de 1985 e 1990. Na equipe mais poderosa da Alemanha, conquistou quatro títulos da Bundesliga (1986, 1987, 1989 e 1990), uma DFB Pokal (1986), uma Supercopa da Alemanha (1987), além de ter sido finalista da Uefa Champions League em 1987, quando os germânicos foram derrotados pelo Porto.

“Desde o primeiro dia em que Hansi assumiu, tínhamos um plano para gerenciar a situação. Hansi inicialmente assumiu o comando de dois jogos, depois até o Natal e, em seguida, houve um acordo de que ele seria nosso treinador até o final da temporada. Hansi cumpriu com lealdade e disciplina, essa é uma de suas principais qualidades. Outro fator são os resultados que Hansi alcançou com nossa equipe, os resultados falam por si. Hansi e eu sabemos como queremos levar a equipe adiante. O futebol está enfrentando grandes desafios. Achamos que Hansi também é o treinador certo para esses tempos”, falou Hasan Salihamidzic, diretor esportivo do Bayern.

“É importante para o Bayern um técnico que entenda a filosofia do clube. Hansi era jogador e, posteriormente, assistente técnico do Bayern. Agora ele é o técnico a longo prazo. Estamos indo em uma boa direção. Hansi sabe a mentalidade do clube, sabe que o sucesso máximo é o ponto de referência do Bayern e estou muito satisfeito por podermos desenvolver nossa ideia do clube e do futebol junto com ele nos próximos anos”, complementou Oliver Kahn, integrante do conselho do clube.

Foto: Divulgação/FC Bayern
Foto: Divulgação/FC Bayern

Após encerrar a carreira de jogador, Hansi Flick obteve sua licença de treinador em Colônia e iniciou sua trajetória à frente do banco de reservas do Victoria Bammental, à época na quarta divisão. Depois, comandou o Hoffenheim e virou assistente de Giovanni Trapattoni no Red Bull Salzburg. Até que Joachim Löw o convidou para ser integrante da comissão técnica da Seleção da Alemanha a partir de 2006. Após conquistar o tetracampeonato mundial na Copa de 2014 aqui no Brasil, Flick se tornou diretor esportivo da DFB (Associação Alemã de Futebol, em alemão). Ainda passou pelo Hoffenheim antes de ser auxiliar-técnico de Niko Kovac no Bayern.

“Estou ansioso para assumir as próximas tarefas, juntamente com minha comissão técnica e com a equipe. As conversas com Karl-Heinz Rummenigge, Oliver Kahn e Hasan Salihamidzic foram muito boas e com um espírito de boa-fé. Nós determinamos a direção para os próximos anos. Tenho certeza de que podemos conseguir muito”, expressou Hansi Flick.

VAVEL Logo