Napoli e Roma fazem 'clássico poético' pelo Campeonato Italiano
Foto: Divulgação/SS Napoli

A Serie A segue a todo vapor neste domingo. O Napoli recebe a Roma no Sao Paolo às 16h45 (no horário de Brasília) pela 30a rodada do Campeonato Italiano. O poético Derby del Sole, ou Clássico do Sol, em português, coloca frente a frente os partenopei, em 7° com 45 pontos, contra a Lupa, em 5° com 48.

No histórico do confronto, a disputa é equilibrada, mas a Roma sai na frente: são 59 vitórias do time da capital, 46 do time do sul da Bota e 53 empates em 158 confrontos. No aspecto goleador, os giallorossi também levam vantagem: são 207 gols, média de 1,31 gol/jogo, contra 176, média de 1,11 gol/jogo. Na última partida a Roma venceu por 2 a 1, com gols de Nicolò Zaniolo e Jordan Veretout.

Napoli volta para casa a fim de esquecer última rodada

A boa fase foi quebrada. Na quinta-feira (2), os partenopei foram derrotados pela Atalanta e se distanciaram ainda mais do sonho de se classificar para a próxima Champions League. Mas agora o adversário é outro, também complicado. Para esta partida, o técnico Gennaro Gattuso deve ter entre os titulares Hirving Lozano na vaga de Dries Mertens. O mexicano foi a principal contratação desta temporada, porém nunca conseguiu conquistar seu espaço entre os titulares. Lozano chegou a Nápoles por 40 milhões de euros vindo do PSV, da Holanda.

O técnico italiano terá quatro jogadores indisponíveis para a partida, entre eles o brasileiro Allan. As demais baixas serão as de David Ospina, Kévin Malcuit, e o atacante Fernando Llorente.

Em entrevista à italiana Radio Kiss Kiss, o meio-campista Stanislav Lobotka demonstrou vontade de dar a volta por cima.

"Temos uma grande partida se aproximando no sábado contra a Roma. Queremos consertar os erros de ontem (no revés contra a Atalanta) e reagir logo, mostrar nossas verdadeiras cores", disse o eslovaco de 25 anos.

Provável escalação: Meret; Di Lorenzo, Maksimović, Koulibaly e Mário Rui; Fabián Ruiz, Femme e Zielinski; Callejón, Milik e Lozano.

Uma resposta também é necessária para a Roma

Uma derrota em casa é sempre ruim. Pior ainda quando é para um time bem inferior na classificação. O 2 a 0 para a Udinese definitivamente não era o esperado no Olímpico. Para deixar o passado de lado, nada melhor do que conquistar os três pontos contra um adversário direto na tabela. Com apenas três pontos na frente do rival, uma vitória na partida desde sábado pode ser maior tranquilidade para os giallorossi nesta reta final de calcio.

O time deve sofrer muitas alterações para o clássico. Em relação aos titulares que foram superados pela Udinese, são seis mudanças. Entre os dois nomes que devem voltar ao time titular estão Veretout e Edin Džeko.

Quem volta a ser relacionado após é o jovem Zaniolo. A promessa esteve quase seis meses fora se recuperando de lesão.

O técnico Paulo Fonseca, em entrevista pré-jogo, destacou que o Napoli que enfrentarão no domingo não será o mesmo do primeiro turno.

"Eles estão mais confiantes agora, então será um jogo bem diferente do que tivemos em casa. Eles estão em boa forma, jogando bem - ainda que venham de derrota para a Atalanta", afirmou.

"É claro para mim que vamos enfrentar uma equipe muito forte, que estará determinada a vencer amanhã", completou o treinador.

Provável escalação: Mirante; Zappacosta, Mancini, Smalling e Kolarov; Veretout e Cristante; Mkhitaryan, Pellegrini e Carles Pérez; Džeko.

VAVEL Logo