Simone Inzaghi joga toalha, mas reclama de pênalti em goleada do Bayern
Foto: Divulgação / Uefa

A Lazio não teve sorte alguma no jogo de ida das oitavas de final da UEFA Champions League 2020/2021. Em pleno Stadio Olimpico di Roma, a Aquila foi goleada por 4 a 1 para o Bayern e, praticamente, deu adeus à principal competição continental do futebol europeu na última terça-feira (23). Após a partida, em entrevista à Sky Sports, Simone Inzaghi, técnico biancoceleste, falou sobre o jogo e, basicamente, jogou a toalha. Mas não deixou de reclamar da arbitragem.

Na visão de Simone Inzaghi, os atletas da Lazio foram preparados para enfrentar a melhor equipe do planeta atualmente. "Infelizmente, dissemos esta semana aos rapazes que devíamos jogar o nosso jogo. Sentimos muito a ocasião, estivemos tensos contra os campeões mundiais, mas basicamente marcamos três dos quatro gols para eles. Tínhamos a sensação de que, depois de vencermos a prensagem inicial, podíamos prejudicá-los. Marcámos um gol, criámos mais algumas oportunidades, tínhamos praticado no último dia algumas situações que podiam evoluir", comentou.

Apesar da decepção natural com a goleada sofrida em casa para o Bayern, o treinador não deixou de exaltar a caminhada da equipe até aqui. "A decepção no vestiário é natural, mas já é uma conquista estar aqui. Em jogos neste nível, você precisa estar a 100% para fazer tudo certo e esperar que os adversários não estejam no seu melhor. Mesmo assim, acho que também fizemos chutes a gol. Ninguém está dizendo que o Bayern não merecia vencer, mas já era complicado de qualquer maneira e nossos erros tornaram a luta ainda mais difícil", comentou. Os italianos foram os segundos colocados no Grupo F, atrás do Borussia Dortmund e à frente de Club Brugge e Zenit.

A peleja da UEFA Champions League 2020/2021 teve números equilibrados. Os alemães tiveram mais posse de bola (57%) e acertaram mais finalizações (sete a cinco). No total de chutes, entretanto, melhor para a Aquila: catorze a treze,

Reclamação

O treinador não deixou de criticar Orel Grinfeld, árbitro israelense que apitou o duelo. No lance, Sergej Milinkovic-Savic fintou David Alaba e caiu após o choque - o juiz não anotou a penalidade máxima. "Nós conhecíamos o tipo de equipe que estávamos enfrentando. Acho que começamos bem antes do erro do gol inaugural, e deveria ter havido um pênalti quando ainda era 1 a 0. Se marcássemos 1 a 1, isso poderia ter mudado o jogo, mas nada disso aconteceu hoje à noite. Podemos aprender com essa experiência para crescer e ser mais fortes no futuro", finalizou Inzaghi.

VAVEL Logo