Southgate confirma protestos da Inglaterra na estreia da Copa: "Inclusão é muito importante"
Foto: Divulgação/The FA

Dona de um título, conquistado em 1966, a Inglaterra fará sua estreia na Copa do Mundo, pelo grupo B, nesta segunda-feira (21), às 16h (de Brasília). Antes da bola rolar contra o Irã, Gareth Southgate revelou que os jogadores vão se ajoelhar em protesto contra o racismo. Desde o retorno do futebol, após Covid-19, Three Lions realizaram o protesto contra o racismo e a desigualdade em 33 partidas seguidas.

"Nós discutimos em nos ajoelhar e acreditamos que devemos. É o que acreditamos como um time e é o que temos feito por um longo período de tempo. Nós entendemos que na Premier League os clubes decidiram fazer isso só em alguns jogos ocasionais. Mas acreditamos que essa é a maior ocasião possível. Achamos que isso vai ser um grande posicionamento que vai circular ao redor do mundo principalmente para que os jovens possam ver que a inclusão é muito importante".

Na atual temporada, os capitães da Premier League decidiram realizar o gesto em momentos específicos, como: antes da rodada de abertura, partidas dedicadas 'No Room For Racism' em outubro e março, no Boxing Day e na rodada final, bem como as finais da FA Cup e da Carabao Cup.

Semifinalista em 2018, o English Team foi vice na última edição na Euro, realizada em solo inglês. Em um Mundial que acontece em período diferente, perto do Natal, Southgate almeja dar alegria aos torcedores, que vivem um momento difícil no país. 

“Nosso desafio é dar aos nossos torcedores um torneio memorável. Nós os levamos em jornadas fantásticas em nossas vidas para torneios. Nosso país também está passando por um período difícil, obviamente não como alguns outros países ao redor do mundo estão passando. Mas estamos em uma recessão econômica e a vida tem sido difícil para muitos de nosso pessoal, então queremos que eles aproveitem o futebol e tenham uma jornada com nosso time que traga muita felicidade." 

Apesar do Irã nunca ter vencido um adversário europeu, o técnico salienta que é preciso ter calma, caso o gol demore a sair e que a Inglaterra precisa responder de maneira certa.

"Nossa equipe tem sido bastante criativa e bem-sucedida em superar esses tipos de desafios. Sabemos que não devemos ficar frustrados se demorarmos para marcar, confiantes com times que jogam contra o Irã, difíceis de marcar gols. Esta equipe passou por muitos desafios difíceis. Você precisa responder da maneira certa e é isso que pretendemos fazer neste torneio também."

VAVEL Logo