Especiais La Liga 2015/16 Villarreal: temporada excelente coroada com vaga na Champions

Submarinos amarelos tiveram uma temporada bem regular, o que os levaram a Uefa Champions League da temporada seguinte

Especiais La Liga 2015/16 Villarreal: temporada excelente coroada com vaga na Champions
Especiais La Liga 2015/16 Villarreal: temporada excelente coroada com vaga na Champions

Se na primeira rodada de La Liga alguém tentasse prever como o Villarreal terminaria a temporada 2015-16, dificilmente acertaria.

Para a temporada, a diretoria fez contratações interessantes como o jovem atacante brasileiro Léo Baptisão, que chegou de empréstimo junto ao Atlético de Madrid. O também atacante Adrián López, chegando de empréstimo do Porto, mas com longas passagens pelo Deportivo La Coruña e pelo Atléti. E o jovem goleiro francês Alphonse Aréola, este chegando de empréstimo junto ao Paris Saint-Germain, já que foi pouco aproveitado no clube.

Mesmo com um começo de campeonato único, apostar que o amarillos terminariam com uma vaga para a Uefa Champions League 2016-17 seria muito otimismo. O submarino amarillo começou o campeonato com 4 vitórias e 1 empate nas primeiras 5 rodadas. Números superiores até aos do Atleti, que inclusive foi vencido pelo clube amarelo, por 1 a 0 no El Madigal, pela 6ª rodada.

Nas 5 rodadas seguintes os números não foram tão positivos. Na 7ª rodada o Villa foi vencido pelo Levante fora de casa, na 8ª foi derrotado pelo Celta de Vigo em casa, na 9ª, empatou com o Las Palmas fora, pela 10ª reencontrou as vitórias contra o Sevilla no El Madigal. Na 11ª rodada, foram até o Camp Nou enfrentar o clube que se tornaria o campeão da temporada.

Nessa partida o Villarreal levou um gol antológico que Neymar. Na jogada, Ney deu um toque por cima de si mesmo e de Jaume Costa, seu marcador, girou e chutou de primeira sem deixar a bola cair, tirando todas as chances de defesa para Aréola. Ney também já havia marcado o primeiro da partida e Suárez o segundo.

Mas não podemos culpar Villarreal por ser envolvido pelo futebol encantador que o Barcelona apresentava nessa altura do campeonato. Na 12ª e 13ª rodadas, o Villarreal jogou bem abaixo do mostrado nas rodadas anteriores. Na primeira, apenas empatou com o Eibar e na segunda perdeu para o Getafe em Madrid. Na 14ª rodada o submarino amarelo reencontrou a vitória. No El Madigal, venceram o Rayo Vallecano por 2 a 1.

Vitória sobre o Real Madrid no El Madigal

Na 15ª rodada, o Villarreal aproveitou do primeiro tempo muito ruim da equipe merengue e Roberto Soldado matou o jogo logo aos 8 minutos. A partida talvez tenha sido uma das responsáveis pelo Madrid não ter sido campeão da época. O jogo também foi marcado pelas inúmeras oportunidades perdidas por Cristiano Ronaldo e Benzema na segunda etapa.

A equipe amarela passou a 16ª, 17ª, 18ª e 19ª vencendo. Chegando ao número de 6 vitórias consecutivas (contando com as rodadas 14 e 15). Da 19ª rodada até a 27ª a equipe veio numa sequência de vitórias e empates, conseguindo pontos importantes dentro e fora de casa. Na 28ª e na 29ª rodada, o time foi derrotado, respectivamente, pelo Las Palmas dentro de casa e pelo Sevilla fora.

Na 30ª rodada, empataram com o Barcelona em casa, o que seria um resultado negativo senão fosse o Barcelona. Na 31ª, 32ª, 33ª e 34ª rodadas, consegui duas vitórias e duas derrotas, sendo a última derrota o 3 a 0 que sofreu do Real Madrid no Santiago Bernabéu.

Da 35ª à rodada final, foram um empate  contra a Real Sociedad, uma vitória contra o Valência no Mestalla e duas derrotas,  para o Deportivo La Coruña em casa e para o Sporting Gijón, que acabou salvando a equipe de Gijón do rebaixamento.

Na próxima temporada, o Villarreal jogará a fase preliminar da Uefa Champions League com grandes chances de chegar a fase de grupos, afinal a equipe foi muito regular nessa temporada. Algumas contratações deverão acontecer para reforçar a equipe, tanto para o time titular, quanto para peça de reposição.

Existem rumores sobre a saída do jovem capitão Mateo Musacchio, mas não devem se confirmar. Para o Villarreal, a saída dele não seria nada interessante.