Daniel Alves diz que Neymar acertou em deixar Barcelona para "sair da sombra" de Messi

Lateral também afirma que é preciso não ter medo do Real Madrid se o PSG quiser ser campeão da Champions League

Daniel Alves diz que Neymar acertou em deixar Barcelona para "sair da sombra" de Messi
Foto: Yann Coatsaliou/AFP

Daniel Alves e Neymar são companheiros de longa data no mundo do futebol. Jogaram juntos no Barcelona e atualmente atuam na Seleção Brasileira e no Paris Saint-Germain. A transferência do atacante chocou o mundo, já que ele foi para a França com o objetivo de se confirmar como um dos melhores jogadores do mundo. Sobre isso, o lateral-direito deu uma declaração ao site da Fifa.

“Acho que, junto a Messi, Neymar é o jogador mais desequilibrante no futebol mundial. Mas precisava sair um pouco de sua sombra. Jogar com alguém tão incomparável como Leo é a coisa mais incrível que pode acontecer, mas sempre haverá a dúvida se você realmente tem qualidade ou é ele”, disse.

Além disso, Daniel afirmou que não teve grande participação na transferência de Neymar ao PSG e que a decisão foi completamente tomada pelo atleta criado na base do Santos. “Não tive quase nada a ver. Quando fui a Barcelona, sim, tive influência na contratação. Dei conselhos e contei as coisas boas que vivia no clube e na cidade. Mas neste caso não foi assim. Simplesmente cheguei primeiro que ele (risos). Somente em um momento de dúvida, em que ele não sabia o que fazer, a única coisa que falei é que seguisse seu coração e fosse feliz. Esse foi o único conselho que dei”, afirmou.

Perguntado sobre a Champions League e o confronto diante o Real Madrid, Daniel Alves afirmou que isso tem que ser superado caso a equipe parisiense tenha o objetivo de levantar a taça pela primeira vez. “A mim realmente não importa contra quem jogamos. Em uma competição assim tem que ganhar de todos. Se pegássemos a Espanha, o que iríamos fazer? Sair correndo? Ninguém se torna campeão do mundo jogando contra times de nível baixo. Assim, vamos ter que enfrentar os melhores cedo ou tarde. E ganhar deles, porque realmente queremos conquistar esse troféu”, comentou.