Série B 2014: América Futebol Clube-RN
(Foto: Divulgação/América-RN)

Após uma temporada atípica e repleto de contratempos, o América-RN iniciou 2014 em busca de reabilitação de uma temporada em que nada se deu como o esperado. Em 2013, o Dragão amargou o vice-vampeonato estadual para o Potiguar de Mossoró, assim como sua saída precoce na Copa do Nordeste do mesmo ano, onde não passou sequer da fase de classificação, Já no Brasileiro da segunda divisão, brigou a maioria do campeonato por permanência, chegando á ficar várias rodadas na zona de rebaixamento para a Série C.

Na temporada atual, A renovação moral e técnica prometida pelo atual presidente Gustavo Carvalho se deu início, e o ‘’Mecão’’ se mostrou uma equipe totalmente distinta da temporada passada, para os torcedores do Alvirrubro Potiguar.

Memória

A capital do Potiguar enfim voltava á figurar a elite do futebol Nacional, após o clube ter conquistado o vice-campeonato da terceira divisão de 2005, que o deu o direito de disputar a segunda divisão do ano seguinte. O América-RN conquistava em 2006 o seu segundo acesso consecutivo, um feito jamais visto no futebol Brasileiro na época, enfim o Dragão retornava á elite da competição após um empate em 2 a 2 com o Atlético-MG no Mineirão, resultado esse que daria o título Brasileiro ao clube Mineiro e o acesso ao clube Potiguar.

Tal feito conseguido muito pela determinação e força do time, que tinha como principal ídolo e maestro o experiente meia Souza, que passara por várias equipes tradicionais do futebol Brasileiro como Flamengo, São Paulo, Corinthians, Atlético Paraense, além de equipes do exterior. Além do Atacante Paulinho Kobayashi e do volante Magal, esses escolhidos como destaques da torcida no campeonato Brasileiro daquele ano, time esse que além do segundo acesso consecutivo, conquistou também a Copa-RN, batendo o rival ABC pelo placar de 3 a 1.

Elenco do Dragão que conseguiu o acesso para a Série A em 2006 (Foto: Divulgação/América-RN)

América-RN em 2013: do céu ao inferno

O América-RN entrou no Campeonato Brasileiro da série B como um dos possíveis favoritos ao acesso á primeira divisão do nacional, já que os torcedores tinham em vista a ótima campanha feita no ano anterior, onde o time passou a maioria do campeonato entre os quatro primeiros colocados, porém perdendo fôlego na metade do segundo turno e terminando sua participação na competição apenas no 9º lugar. Mas a imagem passada para seu torcedor no ano de 2013 foi completamente o oposto disso.

O time comandado pelo técnico Roberto Fernandes conseguiu apenas três pontos em sete rodadas, o que acabou culminando na sua demissão. Demissão essa que contrariou a vontade da torcida que pedia a permanência do técnico no time da capital Potiguar, apesar dos ruins resultados obtidos.

Mesmo sem a Arena das Dunas, que passava por reformas em decorrência da utilização do estádio como praça de jogos da Copa do Mundo, o Dragão tinha no elenco boas peças como o sempre experiente meia armador Cascata, o volante Fabinho e o incisivo lateral Norberto, mas mesmo assim sofreu com várias adversidades fazendo com que o clube demorasse para engrenar na competição nacional.

Brigando a maior parte do campeonato contra a queda para a terceira divisão, o América conseguiu se manter na Série B com 47 pontos na 13ª colocação, Uma posição á frente do seu arquirrival, o ABC. Com a eliminação precoce na Copa do Nordeste, a saída da Copa do Brasil para o Atlético Paranaense sendo goleado por 6x2 em casa, o vice-campeonato estadual para o Potiguar de Mossoró e a visível má campanha do time no campeonato nacional, a torcida receava uma possível queda do time para a série C, o que coroaria a temporada como uma das piores do time nos últimos anos.

A permanência deu a equipe a possibilidade de um melhor planejamento para a atual temporada, junto a isso a eleição de um novo conselho deliberativo e a nova diretoria deu a torcida esperanças que a atual temporada apresentasse um melhora significativa tanto para a instituição tanto para seus torcedores.

América-RN e Palmeiras disputam partida da Série B 2013 (Foto: Ale Frata/Agência Estado)

O nome de 2013: Norberto

Com a ausência de jogadores estrelados no elenco, o lateral direito Norberto roubou a cena e caiu nas graças da torcida do América-RN. Destaque da equipe no Brasileiro do ano passado, foi decisivo e atuante desde que chegou na equipe em 2012. Após boa temporada, foi dado como prioridade na lista de reforços de times como Corinthians, Atlético-PR, Bahia e Vasco, mas acabou desembarcando no Couto Pereira no início da temporada, assinando contrato com o Coritiba até novembro de 2015. Detentor de 40% do passe do jogador, o América-RN negociou o mesmo pelo valor de R$ 480 mil Reais.

Norberto fez boa temporada pelo América-RN em 2013 (Foto: Divulgação/América-RN)
Norberto fez boa temporada pelo América-RN em 2013 (Foto: Divulgação/América-RN)

Início de temporada

Com uma postura e um elenco totalmente distinto em relação a 2013, o América iniciou a temporada 2014 com outra aparência. Contando com o apoio da sua enorme torcida, com um ataque atuante, um meio campo criativo e uma firme defesa, o time da capital Potiguar começou o ano se destacando na Copa do Nordeste, passando pela fase de grupos de maneira invicta, tendo como um dos principais resultados um maiúsculo triunfo sobre o Vitória por 3 a 0 em pleno Barradão, entretanto o Mecão foi eliminado pelo Ceará nas semifinais, ficando com o 3º lugar.

Já na Copa do Brasil, o clube Alvirrubro ganhou a partida de ida da primeira fase por 2 a 1 contra o Boavista fora de casa, conquistando assim uma ótima vantagem para o jogo de volta, em Natal. No Campeonato Potiguar, o time do técnico Oliveira Canindé lidera a classificação com 18 pontos conquistados, praticamente carimbando sua vaga para as fases finais do certame estadual.

A Arena das Dunas é a casa do América-RN nesta temporada (Foto: Canindé Soares)

Quem comanda: Oliveira Canindé

Mesmo com a boa campanha na Copa do Nordeste, a diretoria alvirrubra decidiu modificar a parte técnica e trocou o técnico Leandro Sena por Oliveira Canindé, campeão do Nordeste de 2013 pelo Campinense. O técnico, que estava no CSA, chegou com status de aposta para o time conseguir os objetivos talhados no início da temporada: título estadual, acesso á série A do Brasileiro e um bom avanço do time na Copa do Brasil.

Canindé tem como principal arma as boas tramas e entrosamento entre meio-campo e ataque, com estilo de jogo inovador e moderno. Somado ao bom elenco que o América detém, formou um casamento perfeito. Prova disso é o aproveitamento da equipe depois da sua chegada, onde a mesma está invicta no Estadual, vencendo os seis jogos disputados nesta terceira fase, marcando 15 gols.

Canindé vem fazendo um trabalho convincente no comando do América (Foto: Ferreira Neto)

Quem decide: Arthur Maia

Emprestado pelo Vitória, Arthur Maia vem se destacando no meio-campo do América. Com seu bom passe, propulsão e velocidade, o jovem meia não se firmou no rubro-negro baiano mas adiquiriu status de estrela do time Potiguar. Apelidado carinhosamente de ‘’Arthur Messi’’ pela torcida Americana, o atleta de 21 anos é tido como uma das apostas do time para conseguir alcançar os objetivos traçados no início da temporada.

Sem espaço no Vitória, Arthur Maia vem ganhando destaque no Mecão (Foto: Augusto Gomes)

Quem promete: Adriano Pardal

Uma das revelações da equipe na atual temporada, veloz, com faro do gol e bom poder de passe. Adriano Pardal já caiu nas graças da torcida e já é uma das grandes promessas para a temporada. Ajudando bastante no sistema ofensivo Americano, o atacante foi um dos destaques da equipe na Copa do Nordeste e vem sendo também no campeonato estadual. A torcida espera que com a chegada do Brasileirão e do provável avanço da Copa do Brasil, Pardal possa cada vez mais se destacar pela equipe e somar junto ao bom elenco formado para a temporada.

Vindo do rival ABC, Pardal vem fazendo atuações destacáveis no ataque Americano (Foto: Nuno Guimarães/Gazeta Press)


O desafio

Sentindo confiança no grupo formado, a torcida tem como esperança o tão sonhado retorno á elite depois da crise sofrida pelo clube de 2007-2010, em que o clube saiu da primeira para a terceira divisão em um descenso meteórico e agora uma das propostas adotadas pelos cartolas alvirrubros é de levar o América de volta a primeira divisão nacional. Aos olhos do torcedor, estão indo pelo caminho certo. Com uma boa base formada e um forte elenco em todos os setores, o Dragão tem tudo para voltar novamente as suas áureas épocas de glórias e títulos.

Avaliação VAVEL

Com o planejamento adotado pela diretoria nesta temporada, o América-RN enfim chega como um dos possíveis favoritos ao acesso á elite nacional nessa temporada. Afim de apagar a péssima imagem passada na última temporada, a equipe passou por uma mudança radical, tanto dentro quanto fora de campo, desde a diretoria até os jogadores, com excessão de alguns remanescentes do grupo da temporada passada. Tal tática adotada surtiu efeito, o que somado com o a liberação da Arena das Dunas para jogos da equipe, acabou trazendo a torcida de volta para perto do clube, sendo o América hoje um dos maiores líderes em média de público nos campeonatos estaduais do Nordeste brasileiro.

Elenco do América-RN para a temporada atual (Foto: Divulgação/América-RN)
VAVEL Logo