Resultado Atlético-PR x Palmeiras no Brasileirão 2015 (3-3)
Live LoaderVAVEL Live SmallLive Match

Encerramos aqui a nossa transmissão. Obrigado a você que seguiu a partida com a gente! Siga a VAVEL Brasil no Twitter, curta nossa página no Facebook e fique de olho no nosso site para ler o pós-jogo desta partida.

Com o placar de 3 a 3, Atlético-PR e Palmeiras se igualam no marcador após partida de extremos no primeiro e segundo tempo. Diferente da etapa inicial, a segunda metade da partida contou com muita movimentação, principalmente nos minutos finais de jogo.

50' Após adicionar mais dois minutos de acréscimo, juiz encerra a partida.

49' Robinho comemora na frente do árbitro e é expulso.

49' GOOOOOOOOOOOOOL DO PALMEIRAS!

48' Cartão vermelho para Jackson, por cotovelada em Ricardo Silva dentro da área.

47' Cartão amarelo para Alecsandro. Atacante é advertido por reclamação, afirmando que o árbitro não deixou o Palmeiras cobrar falta rapidamente, ao contrário do que ocorreu no terceiro gol do Atlético-PR.

46' Cartão amarelo para Daniel Hernández.

45' Juiz assinala três minutos de acréscimo.

44' Clima esquenta da Arena da Baixada e Nikão e Lucas se estranham.

42' Jogadores do Palmeiras vão pra cima do árbitro e reclamam por ele ter autorizado a cobrança rápida da falta.

41' GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO FURACÃO! Atlético-PR cobra falta de forma rápida, pegando a defesa do Palmeiras desatenta, e Ewerton recebe livre dentro da área para finalizar na saída de Fernando Prass e marcar mais um gol na partida, o terceiro do Atlético!

38' GOOOOOOOOOOOOOOL DO ATLÉTICO-PR! Em seu primeiro lance do jogo, Ewandro adianta a bola e dá o chute rasteiro de fora da área. Fernando Prass não consegue fazer a defesa e o placar se iguala novamente.

37' Alteração no Atlético-PR: sai Cleberson, entra Ewandro.

37' Cartão amarelo para Dudu.

36' Lucas se esforça na ponta direita e consegue fazer o cruzamento na área, mas a bola vai parar bem nas mãos do goleiro Weverton.

34' Gabriel Jesus parte em velocidade pela intermediária e abre o jogo para Alecsandro, mas Cleberson se antecipa, chuta a bola em cima do atacante palmeirense e ganha tiro de meta.

33' Atlético-PR segura a bola no meio-campo e tenta chegar ao ataque com as bolas aéreas.

29' Após ficar caído por alguns segundos, Jackson recebe atendimento médico fora de campo e retorna ao jogo com um curativo na boca.

28' GOOOOOOOOOOOOOOL DO PALMEIRAS! Após cobrança de escanteio de Zé Roberto, Jackson cabeceia a bola para dentro do gol, mas no golpe, acaba se machucando e não consegue comemorar seu tento.

27' Daniel Hernández ajeita a bola na entrada da área e chuta forte. Fernando Prass estica o braço, mas a bola passa por cima.

26' Jakson tenta fazer a inversão de jogo, mas a bola sai desastrosamente pela lateral.

24' Alteração no Palmeiras: sai Cristaldo, entra Alecsandro.

24' Alteração no Atlético-PR: sai Kadu, entra Ricardo Silva.

23' Robinho faz a enfiada de bola para Gabriel Jesus, que faz boa jogada individual na entrada da área, mas não coloca força no chute.

22' Marcos Guilherme arrisca chute de fora da área e Fernando Prass faz a defesa em dois tempos.

21' Diferente do primeiro tempo, o Palmeiras consegue maior êxito na marcação, além de intensificar o setor ofensivo e buscar mais o ataque. O Atlético-PR por sua vez, apresenta mais erros do que na etapa inicial.

19' Logo em seguida, o Furacão chega novamente com Walter, mas a finalização vai embora pela linha de fundo.

18' Gabriel Jesus e Zé Roberto acabam se estranhando e a bola sobra para Walter, que dribla Jackson, mas Fernando Prass se antecipa e faz a defesa.

17' Furacão toca a bola no meio-campo.

15' PERDEU DE NOVO! Cristaldo se dá bem na disputa com dois zagueiros dentro da área e, Diante de Weverton, faz a finalização, mas o chute sai torto, por cima do gol.

15' Alteração no Palmeiras: sai Amaral, entra Arouca.

14' Após cobrança de escanteio pela esquerda, a bola fica com Dudu, que bate da entrada da pequena área, mas a bola vai para fora.

11' Nikão recebe cruzamento pelo lado esquerdo e chuta para fora após dividida com o zagueiro Vitor Hugo.

9' Boa chegada! Robinho arrisca de fora da área e a sobra fica com Matheus Sales, que chuta e manda a bola por cima do gol de Weverton.

8' GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO PALMEIRAS! Jackson faz longo lançamento do campo de defesa e Gabriel Jesus ganha a disputa pelo alto, levando a bola até a área. Na disputa com a defesa, ela sobra para Robinho, que bate no canto esquerdo de Weverton.

6' Cartão amarelo para Amaral.

5' Dentro da área, Vitor Hugo chuta em cima de Eduardo, mas a bola volta contra a zaga e assusta Fernando Prass.

4' Etapa complementar tem início um pouco equilibrado.

2' Boa chegada do time alviverde ao ataque que termina com Gabriel Jesus arriscando a finalização, mas o bandeira alegou impedimento.

1' Palmeiras segura a bola e troca passes no campo de defesa.

0' Alteração no Palmeiras: sai Rafael Marques, entra Gabriel Jesus.

0' Começa o segundo tempo!

"Nem sei, acho que um minuto. É trabalho, surgiu oportunidade logo" - Marcos Guilherme, meia do Atlético-PR, sobre seu tento na partida.

"Sei lá, cara. A gente corre, corre. Não consigo entender nosso time. A gente conversa. No primeiro lance, é gol. Chega lá, não consiga finalizar. Complicado, precisamos mudar de atitude" - Robinho, atacante do Palmeiras.

Com gol relâmpago no primeiro minuto de jogo, Marcos Guilherme abriu o marcador e deixou o Atlético-PR na frente, garantindo a vitória parcial.

46' Fim do primeiro tempo em Curitiba!

45' Juiz assinala apenas um minuto de acréscimo.

44' Cartão amarelo para Jackson.

43' INACREDITÁVEL, CRISTALDO! Palmeiras fica com a bola na intermediária, e Dudu deixa Cristaldo completamente livre na cara do gol. O atacante não finaliza de primeira, dá chance do defensor apertar a marcação, arrisca o drible e perde a bola.

40' De longe, Rafael Marques arrisca o chute, mas finaliza fraco, nas mãos de Ewerton. Este foi o primeiro chute a gol do Palmeiras na partida.

39' Dudu sai da lateral esquerda, leva a jogada para a intermediária e faz o passe para dentro da área, mas ninguém está lá para receber a bola.

38' Palmeiras tenta segurar a bola no campo de ataque para se infiltrar na defesa do Furacão, mas não consegue efetividade nenhuma.

36' Em bom cruzamento de Cristaldo, Rafael Marques, dentro da área, arrisca o domínio no peito, mas a bola sai direto pela linha de fundo.

34' Robinho cobra falta em direção da área. No rebote da defesa, ele mesmo tenta recuperar a bola, mas acaba cedendo lateral para os donos da casa.

33' Cartão amarelo para Cleberson, por falta cometida em Dudu.

31' Palmeiras mostra muitos erros dentro de campo. A defesa bagunçada e o meio-campo e ataque apáticos mostram a desorganização da equipe alviverde.

30' Novamente de calcanhar, Rafael Marques tenta acionar Zé Roberto, que manda a bola pela lateral.

29' Rafael Marques dá passe de calcanhar para Zé Roberto e a arbitragem indica posição irregular do lateral do Palmeiras.

27' Atlético-PR chega pela intermediária em boa tabela de seus jogadores, mas Lucas aparece na hora certa e evita que a bola chegue até Walter.

26' Amaral recua a bola de cabeça para Fernando Prass, que pega a lança para o campo de ataque num chute forte.

24' QUASE!!! Marcos Guilherme faz o giro sobre Vitor Hugo e Matheus Sales, dentro da área, e chuta colocado. A bola desvia e passa raspando na trave esquerda de Fernando Prass. Na cobrança de escanteio, a defesa palmeirense afasta o perigo.

22' Amaral adianta a marcação para evitar o contragolpe do Atlético-PR e comete falta em Nikão.

20' Alteração no Atlético-PR: sai Roberto, entra Daniel Hernández.

18' POR POUCO! Em mais um bom cruzamento de Sidcley para Marcos Guilherme, o Furacão chega comperigo, mas o meia não consegue concluir a finalização.

16' Sidcley enfrenta marcação em dobro pela ponta esquerda ainda assim consegue lateral para o Atlético-PR.

15' Após cobrança de escanteio pelo lado direito, Jackson desvia mal, tenta recuperar a bola, mas acaba cedendo lateral.

14' Após receber cruzamento pela direita, Cristaldo faz o cabeceio e a bola toca na zaga, saindo para escanteio.

12' Sidcley faz o levantamento da bola para a área alviverde. Vitor Hugo aparece e afasta dali o perigo.

11' Dudu segura muito a bola e, devido à forte marcação, abre a jogada pela direita para Cristaldo, que estava impedido.

10' Palmeiras toca a bola no setor defensivo, enquanto o ataque do Atlético-PR não avança a marcação além da linha do meio-campo.

8' Rafael Marques recebe cobrança de lateral dentro da área, mas não consegue se livrar da marcação da defesa do Furacão.

6' Dudu faz a enfiada de bola para Lucas na entrada da área. O lateral-direito parte em velocidade e chuta em cima de Weverton, mas a jogada é impedida por condição irregular do jogador do Palmeiras.

5' Dudu segura a bola no meio-campo e sofre falta.

3' Fernando Prass cobra tiro de meta rasteiro para Jackson, que recebe e faz a devolução, mas deixa o goleiro alviverde em situação de perigo, onde é obrigado a mandar a bola para frente.

2' A vitória parcial deixa o Furacão na 10ª posição da tabela, lugar que o Palmeiras ocupava.

1' GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO ATLÉTICO-PR! Em velocidade, Sidcley avança pelo lado esquerdo e cruza para dentro da área. Livre da marcação de Zé Roberto, Marcos Guilherme cabeceia no canto direito e coloca o Furacão na frente!

0' ROLA A BOLA!

É respeitado um minuto de silêncio antes do início da partida em homenagem ao atentado em Paris.

Hino Nacional em execução na Arena da Baixada.

As equipes já se encontram no gramado juntamente com a arbitragem.

Em dez minutos a bola rola na Arena da Baixada!

Leia mais: Após confusão, Adidas assume culpa pela ideia dos uniformes comemorativos

Marcelo Oliveira também já definiu o Palmeiras desta noite: Fernando Prass; Lucas, Jackson, Vitor Hugo, Zé Roberto; Amaral, Matheus Sales, Robinho; Dudu, Cristaldo, Rafael Marques.

Está escalado o Atlético-PR de Cristóvão Borges: Weverton; Eduardo, Kadu, Cleberson, Roberto; Otávio, Barrientos, Marcos Guilherme, Sidcley, Nikão; Walter.

Confira o pré-jogo completo na VAVEL Brasil: Atlético-PR mira frear pretensões do Palmeiras visando se consolidar no meio da tabela

Com poucas chances de ser rebaixado ou de alcançar uma vaga para disputar a Copa Libertadores da próxima temporada, o Atlétlico-PR recebe o Palmeiras nesta quarta-feira (18), às 21h (horário de Brasília), na Arena da Baixada, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, buscando subir na tabela, ultrapassar o rival, já pensando no próximo ano.

Na última rodada os paranaenses também jogaram em casa e com o apoio da torcida conseguiram vencer o Avaí por 2 a 1 com gols de Walter e Sidcley. Os três pontos garantiram o 12º lugar e praticamente anularam qualquer chances de rebaixamento. Com 46 pontos, a probabilidade dos atleticanos conseguirem terminar na quarta colocação da competição também é pequena.

Já o Verdão, vem de uma campanha bem ruim no segundo turno do torneio nacional, nos últimos cinco jogos apenas uma vitória foi conquistada. Já são três derrotas seguidas, incluindo o revés para o Vasco da Gama, no Allianz Parque, por 2 a 0. O desempenho foi terrível e a torcida saiu da arena na bronca. Os paulistas despencaram para a 10º colocação, com somente 48 pontos.

No histórico de confrontos dos rivais desta noite foram 48 embates com 23 triunfos palmeirenses, contra apenas nove dos rubro negros, além de 16 empates. No último encontro, o time do Paraná aprontou em pleno Allianz Parque saindo-se vitorioso por 1 a 0 com um gol Walter para 38.794 pagantes.

Com o final do Campeonato Brasileiro se aproximando e praticamente sem chances de alcaçar maiores objetivos, o técnico Cristóvão Borges poderá oportunizar a entrada de jogadores da base ou atletas que tiveram poucas chances, pensando na montagem do elenco para o ano de 2016.

Dessa forma, o meio campo Bruno Mota, que se destacou no Campeonato Brasileiro sub-20 e na Copa São Paulo de Futebol Júnior do ano passado e recebeu uma chance no elenco principal, espera jogar mais vezes. Ele atuou por 12 vezes e anotou dois gols contra Ponte Preta e Corinthians.

"Quanto mais jogos você faz, mais experiência terá para o próximo ano. Espero terminar o ano bem, ter mais algumas oportunidades e me firmar no elenco. Tenho certeza que eu posso render muito mais", ressaltou.

Diante do Verdão, o treinador rubro negro ultrapassará a marca de 90 jogos pelo clube. Como atleta, na década de 1980 e 1990, ele disputou 83 partidas pela equipe. Agora, chegará a sua oitava no comando dos paranaenses.

"O passado já está lá, consolidado. Mas o presente pode ser sempre melhor. Você tem condições de fazê-lo melhor. E esse é nosso objetivo aqui. Fico muito contente em ter essa história aqui no clube e estar de volta num momento como este. Vamos trabalhar para que isso se torne uma realidade. O Atlético tem tradição, é um dos grandes clubes do futebol brasileiro. Um clube que cresceu muito. Tem tudo para fazer acontecer. E tomara que as coisas assim aconteçam", explicou.

Sem jogar a toalha Verdão pode ter volta de Arouca

O elenco do Palmeiras e a comissão técnica constantemente dizem na imprensa que a equipe não jogou a toalha pelo quarto lugar no Brasileirão, visando a chance de alcançar uma vaga para a Copa Libertadores também por essa competição. Assim pensa Zé Roberto, meia e lateral esquerdo do Alviverde.

"O momento que estamos vivendo é traduzido em uma frase que eu gosto muito de citar, que serve bem para a nossa situação. A frase é: ‘Aquilo que não nos mata, nos fortalece’. Se não morremos com tudo o que estão falando, nós estamos fortalecidos e focados para o que a gente quer. O nosso ano está sendo muito bom em comparação aos outros anos. Estamos brigando e não jogamos a toalha para conseguir chegar ao G-4. E também estamos na final da Copa do Brasil, eliminando equipes fortes como Cruzeiro, Internacional e Fluminense. Não é qualquer um que chega à final depois de eliminar equipes como estas", comentou.

Recuperado de uma desinserção muscular na parte posterior do joelho direito, o volante Arouca pode retornar à equipe em Curitiba, mas ainda não é certo, principalmente visando uma boa recuperação para jogar a final da Copa do Brasil contra o Santos nos dias 25 de novembro e no dia 2 de dezembro.

Se o camisa 5 não retornar, Matheus Sales espera ganhar mais uma oportunidade entre os titulares do Verdão. O atleta comentou esta semana sobre o apoio que tem recebido de outros atletas e da comissão alviverde.

"Desde quando cheguei ao elenco até a fazer a primeira partida, todos conversaram comigo. Eles dividem experiência comigo, me passam tranquilidade, o professor Marcelo, a comissão. Todos me passam confiança para eu dar o meu melhor", relatou.

A Arena da Baixada será o palco da partida entre Atlético-PR x Palmeiras, válida pelo Brasileirão 2015.

FIQUE DE OLHO: Dudu, atacante do Palmeiras. Uma das principais contratações do Palmeiras para a temporada 2015, Dudu vem mostrando bom rendimento na equipe. A forte presença do atacante alviverde é essencial dentro de campo e isso mostra sua importância como uma das peças principais do elenco.

FIQUE DE OLHO: Marcos Guilherme, meia do Atlético-PR. Marcos Guilherme atualmente é o principal jogador da equipe paranaense. Camisa 10 do Furacão, é quem melhor pode colaborar com Walter quando o assunto é fazer gols.

Confira a posição de ambas as equipes na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro 2015.

# CLASSIFICAÇÃO PT JG
10º Palmeiras 48 34
12º Atlético-PR 46 34

Guia VAVEL do Brasileirão 2015

O Cruzeiro é o atual bicampeão do Campeonato Brasileiro. A equipe mineira foi dona de um vistoso futebol nos anos de 2013 e 2014 e merecidamente saiu com a taça em ambas as edições do torneio. As outros conquistas vieram em 1966, ainda na Taça Brasil, e em 2003, junto a tríplice coroa.

Em 2014, tendo Ricardo Goulart como grande destaque, o Cruzeiro foi soberano e conquistou o Brasileirão com três rodada de antecedência. Foram 80 pontos conquistados em 38 rodadas, tendo aproveitamento de 70% no geral, 24 vitórias e 67 gols marcados.

Já em 2013 coube a Éverton Ribeiro ser o dono da bola. Sendo a sensação do Campeonato Brasileiro, tirou o Cruzeiro de uma longa fila e trouxe o título aos celestes. Na ocasião, foram 76 pontos, 66,7% de aproveitamento, 23 vitórias e 77 gols marcados.

EQUIPES NÚMERO DE TÍTULOS
Santos (SP) 8 (1961, 1962, 1963, 1964, 1965, 1968, 2002 e 2004)
Palmeiras (SP) 8 (1960, 1967, 1967, 1969, 1972, 1973, 1993 e 1994)
São Paulo (SP) 6 (1977, 1986, 1991, 2006, 2007 e 2008)
Flamengo (RJ) 6 (1980, 1982, 1983, 1987*, 1992 e 2009)
Corinthians (SP) 5 (1990, 1998, 1999, 2005 e 2011)
Fluminense (RJ) 4 (1970, 1984, 2010 e 2012)
Vasco da Gama (RJ) 4 (1974, 1989, 1997 e 2000)
Cruzeiro (MG) 4 (1966, 2003, 2013 e 2014)
Internacional (RS) 3 (1975, 1976 e 1979)
Grêmio (RS) 2 (1981 e 1996)
Botafogo (RJ) 2 (1968,1995)
Bahia (BA) 2 (1959 e 1988)
Atlético (MG) 1 (1971)
Atlético (PR) 1 (2001)
Coritiba (PR) 1 (1985)
Sport (PE) 1 (1987*)
Guarani (SP) 1 (1978)

O Campeonato Brasileiro de 1987 ficou marcado pelas polêmicas entre Flamengo e Sport. Na época sendo chamada de Copa União, os cariocas triunfaram no Módulo Verde, enquanto os pernambucanos venceram o Módulo Amarelo. Porém, descumprindo o regulamento, a equipe do Rio de Janeiro nao compareceu ao quadrangular final e foi eliminado foi W.O. Com isso, a CBF concedeu o título ao Leão da Ilha.

Contando com 2015, o Campeonato Brasileiro se faz presente em sua 58º edição. Antes mesmo de ser chamado de Brasileirão, o torneio já foi nomeado com Roberto Gomes Pedrosa e da Taça Brasil. Mesmo com nomenclaturas diferentes, todos os títulos foram unificados pela CBF.

Atualmente o Campeonato Brasileiro segue a fórmula de pontos-corridos, modelo adotado à partir de 2003. Para melhor divisão no calendários e cotas para televisão, o modelo de mata-mata foi abolido do torneio, sendo exclusivamente dedicado a Copa do Brasil.

O Campeonato Brasileiro é torneio de maior peso a nível nacional no Brasil. Acima da Copa do Brasil e dos Campeonatos Estaduais, o Brasileirão contém quatro divisões no calendário atual, tendo início em maio e terminando no fim de novembro.

Boa noite, torcedor e leitor da VAVEL Brasil! Acompanhe agora o confronto entre Atlético-PR x Palmeiras válido por mais uma rodada do Campeonato Brasileiro 2015! Fique conosco nesta grande partida!

VAVEL Logo