Dispensado do Vasco por ser baixo, Vagner Love anota de cabeça gol do título corintiano
Dispensado do Vasco por ser baixo, Vagner Love anota de cabeça gol do título corintiano (Foto: Editoria de Arte VAVEL)

O futebol é um recanto de histórias curiosas. Talvez a mais popular do título brasileiro do Corinthians fique por conta do renascimento de Vagner Love. Criticado pela torcida e chegando a ficar na reserva em determinado momento, o atacante encerrará o Brasileirão como um dos artilheiros da equipe. Além disso, seu gol do título contra o Vasco despertou antigas lembranças.

Aos nove anos, Vagner - ainda sem Love - foi dispensado do próprio Vasco por ser considerado muito baixinho e franzino, porte físico que não agradava aos dirigentes vascaínos. Durante a comemoração do hexacampeonato, revelou que gostou que seu gol do título tenha sido de cabeça.

"Fui dispensado do próprio Vasco por ser baixinho e franzino. É engraçado como as coisas são. Fiquei muito feliz por fazer esse gol e ainda mais por ser de cabeça. Agora eles vão ter que me engolir", disparou Vagner Love.

Entretanto, engana-se quem pensa que a história de 'vingança' de Vagner Love contra o Vasco é recente. Em 2012, quando atuava pelo Flamengo, o jogador já havia lembrado da época onde foi dispensado e descartou jogar pelo cruzmaltino um dia.

"Fui dispensado. Joguei dois anos e pouco lá. Eles me dispensaram e eu fui procurar outros ares. Não pretendo jogar lá. É complicado. É uma coisa muito difícil de acontecer. Ainda mais com o carinho que eu estou recebendo aqui no Flamengo", revelou ao Esporte Espetacular.

Seu Ivan, pai de Vagner, é outro que lembra com pesar dessa dispensa. Segundo ele, o ainda jovem jogador nunca se deixou abater com o veto e sempre acreditou em seu potencial.

"O Vagner teve de passar por muita coisa. Fora tempos difíceis. Levei ele para o Vasco, mas ele foi dispensado pela altura dele. Era muito baixo. Já viu, né? Ele não se abateu. Foi para o Campo Grande. Sempre foi um bom atacante. Um dia eu virei para o Vagner e falei: você vai ser um grande jogador", declarou.

Com 77 pontos, o Corinthians não pode ser mais alcançado pelo Atlético-MG (65) e é o campeão brasileiro de 2015. Vagner Love aparece com 13 gols marcado, mesmo número do companheiro Jadson e sete a menos que Ricardo Oliveira, artilheiro da competição.

VAVEL Logo