Agora é no Allianz! Palmeiras e Santos voltam a se enfrentar valendo o título da Copa do Brasil
Foto: Ivan Storti e Ricardo Saibun/Santos FC

Nesta noite (2), às 22h, Palmeiras e Santos voltam a se enfrentar no jogo que vale o título da Copa do Brasil. Na primeira partida, disputada na Vila Belmiro, o Peixe venceu por 1 a 0. O resultado, de certa forma, animou a torcida e o time palmeirense para o confronto no Allianz Parque, pois o Verdão, até agora, venceu todas as partidas que disputou em seu estádio por essa competição.

No confronto da Vila Belmiro, as duas equipes fizeram um jogo digno de uma final. Os times de Marcelo Oliveira e Dorival Júnior jogaram com muita disposição, do começo ao fim, e tecnicamente o jogo também não deixou a desejar. Por jogar em casa, o Santos propôs mais o jogo e o Palmeiras ficou na defensiva, e, embora os mandantes tenham criado inúmeras oportunidades e desperdiçando, tendo perdido até um pênalti, a partida terminou apenas 1 a 0 para o Peixe.

Algo que dá ainda mais importância ao duelo é o fato de, no Brasileirão, as duas equipes terem deixado de lado a chance de disputar uma vaga na Libertadores para focar na Copa do Brasil. Nas últimas rodadas, tanto Palmeiras quanto Santos atuaram com o time reserva, perdendo pontos importantes e se distanciando do grupo dos quatro primeiros do Campeonato Brasileiro. Vale lembrar que o campeão se classifica diretamente para a fase de grupos da Libertadores.

Para essa grande decisão, foi definido, em sorteio, que Héber Roberto Lopes apitará a partida. O árbitro já entrará pressionado, principalmente pelo fato de o Verdão ter reclamado muito de um pênalti não marcado em cima do atacante Lucas Barrios, quando o confronto ainda estava 0 a 0, e que causaria a expulsão do zagueiro David Braz. Além disso, Marcelo Oliveira também criticou a forma com que os jogadores santistas se portaram durante o jogo, tentando provocar os adversários e simulando em alguns lances.

Palmeiras aposta no retrospecto em sua casa contra o rival para conquistar o título

A rivalidade entre Palmeiras e Santos aumentou ainda mais esse ano, principalmente após a decisão do Campeonato Paulista. Provocações, dentro e fora de campo, são vistas e ouvidas a todo instante, porém o Verdão quer deixar isso de lado para não perder o foco no jogo.

Nessa temporada, jogando no Allianz Parque contra o rival desta noite, o Alviverde tem boa vantagem. A equipe venceu todos os jogos que disputou contra o Santos, e todos por 1 a 0. Hoje, entretanto, uma vitória simples leva a decisão para os pênaltis. Portanto, caso queira o título no tempo regulamentar, o Palestra terá que vencer por dois ou mais gols de diferença. Com isso, o time deve jogar mais pra frente do que jogou na semana passada.

Porém, algo que preocupa o time palestrino é o setor defensivo. O Palmeiras foi vazado nos últimos 16 jogos, sendo a vitória contra o Figueirense, por 2 a 0, o último confronto em que a equipe não levou gols. Como se isso já não fosse ruim, o lateral Lucas, que vem sendo titular absoluto durante todo o ano, não atuará por conta de uma suspensão, e, para seu lugar, deverá ser escalado o garoto João Pedro. Além disso, a preocupação com a defesa aumenta por conta do forte ataque santista, que é formado pelos dois artilheiros da Copa do Brasil: Ricardo Oliveira e Gabigol.

Santos conta com faro de gol dos atacante para surpreender Palmeiras

O torcedor santista está animado com a chance do time ganhar seu segundo campeonato no ano. Após vencer por 1 a 0 na Vila, qualquer empate garante o título para os alvinegros, o que, de certa forma, mesmo decidindo fora de casa, é uma vantagem favorável.

Para vencer o torneio e ir à Libertadores, o Santos aposta no setor ofensivo. Os meias Marquinhos Gabriel e Lucas Lima estão em boa fase, e, à frente deles, estão Gabigol e Ricardo Oliveira, que são os dois artilheiros da Copa do Brasil até aqui. Junta-se ao forte ataque santista, a defesa palmeirense que vem sofrendo gols nos últimos jogos, o que aumenta ainda mais a esperança da torcida.

Diferentemente do Palmeiras, o Peixe poderá contar com sua força máxima. Lucas Lima, que estava pendurado na primeira partida, não recebeu cartão amarelo, mesmo com alguns achando que ele merecia no lance da expulsão do lateral Lucas, e irá comandar o meio-campo santista no duelo que vale o título da Copa do Brasil.

VAVEL Logo