Renato Gaúcho se torna segundo técnico bicampeão da Copa do Brasil
Imagem: Hugo Alves/Editoria de Artes VAVEL Brasil

O título da Copa do Brasil não é novidade para Renato Gaúcho. Como jogador foi campeão pelo Flamengo em 1990, enquanto como treinador foi campeão com o Fluminense em 2007 e, na noite desta quarta-feira (7), conseguiu o feito com o Grêmio

O feito de Renato Gaúcho com o Grêmio lhe rendeu o segundo título da Copa do Brasil como treinador. É o segundo a conseguir isso na história da competição. Antes, apenas Felipão - com quatro títulos - tinha conseguido.

Campanha do título com o Fluminense em 2007

Renato Gaúcho deixava o Vasco sendo criticado e foi contratado pelo Fluminense, que já tinha demitido dois treinadores no ano. O primeiro jogo de Renato Gaúcho no comando do Fluminense pela Copa do Brasil aconteceu nas quartas de final, contra o Atlético-PR.

No jogo de ida, no Maracanã, o time jogou mal e empatou por 1 a 1. Já na partida de volta, na Arena da Baixada, tudo caminhava para um empate sem gols - que classificava o Furacão - mas a estrela de Renato brilhou ao colocar Adriano Magrão em campo. O centroavante marcou o gol da vitória e da classificação.

Na semifinal o adversário era o Brasiliense, que já houvera eliminado o Fluminense em 2002, em pleno Maracanã. Entretanto, em 2007, no mesmo estádio, a torcida viu a melhor atuação da equipe no ano: vitória incontestável por 4 a 2. Na partida de volta, o empate por 1 a 1 classificou o tricolor para a final pela terceira vez.

O Figueirense era o adversário do Fluminense na final. Era a primeira decisão de Renato Gaúcho como técnico. No primeiro jogo, no Maracanã, o empate por 1 a 1 deixou a impressão que o clube carioca deixaria, pela terceira vez, o título da Copa do Brasil escapar. Mas, no jogo da volta, no Orlando Scarpelli, Renato manteve a equipe motivada e, com gol de Roger Machado, o Flu conquistou o título pela primeira vez.

Campanha do título com o Grêmio em 2016

Renato Gaúcho assumiu o Grêmio quando a equipe estava disputando o segundo jogo das oitavas de final. Após vencer o Atlético-PR na ida, na Arena da Baixada, por 1 a 0, a equipe levou o mesmo placar na Arena do Grêmio e o jogo foi para a decisão por pênaltis. Foi então que a estrela de Renato começou a brilhar e o Grêmio venceu por 4 a 3.

Nas quartas de final, o Grêmio tinha pela frente o líder do Brasileirão e que viria a conquistar o título: o Palmeiras. No primeiro jogo realizado na Arena do Grêmio, vitória do tricolor gaúcho por 2 a 1. Na volta, com o time paulista jogando mal, a equipe de Renato Gaúcho garantiu o empate por 1 a 1 e classificou-se para a semi.

Na semifinal o adversário era o Cruzeiro. Era o confronto entre os dois maiores vencedores da Copa do Brasil. Melhor para o Grêmio, que largou na frente vencendo na ida, no Mineirão, por 2 a 0, e garantindo a vaga na final após empatar sem gols na Arena do Grêmio.

Renato Gaúcho chegava a sua segunda final de Copa do Brasil como técnico. O adversário era o Atlético-MG. Na ida, o Grêmio deu show no Mineirão e venceu por 3 a 1, com grande atuação de Pedro Rocha. No jogo de volta, na Arena do Grêmio, o empate por 1 a 1 garantiu o quinto título do Grêmio na Copa do Brasil.

VAVEL Logo