Cuca é apresentado no Palmeiras e reduz cobrança por títulos
Cuca é apresentado no Palmeiras e reduz cobrança por títulos ( Foto:César Greco/ Divulgação/ Palmeiras)

O Palmeiras apresentou oficialmente o técnico Cuca nesta terça-feira. O novo comandante do Verdão falou sobre a sua volta ao comando da equipe após cinco meses.

 "Eu saí no começo de dezembro, quando avisei que não iria ficar por motivos pessoais, familiares. Pretendia dar uma atenção maior e dei à família. Não determinei prazo específico de quando ficaria parado. Em teoria, cinco, seis meses, como acabou acontecendo. Na sexta-feira, recebi ligação do Alexandre (Mattos) em cima de um possível retorno meu. Ele disse que se eu não viesse, viria outro. Eu estava até em negociação no mercado asiático. Se não viesse para cá, iria para lá. Já estava em condição de trabalhar, ainda que não tivesse feito o que queria, que era ver alguns treinos no mercado europeu."

Quando o técnico foi apresentado em 2016 a situação era diferente, o Palmeiras enfrentava uma má fase e estava praticamente fora da Libertadores. Hoje a equipe lidera seu grupo na competição internacional. Para Cuca a cobrança por títulos vai ser mais forte.

"O momento é inverso. O Palmeiras se autopressionou por conta disso, por achar que vai ganhar tudo. Acho que foi prejudicial até para o Eduardo, porque no primeiro campeonato que ele não ganhou teve cobrança muito grande. E ele tinha campanha muito boa em percentual de pontos. Isso atinge o treinador, o jogador, que fica pressionado. O Palmeiras investiu muito, mas o futebol não é assim. O Palmeiras tem necessidade de brigar pelos títulos, mas não obrigação. Os jogadores têm que executar com tranquilidade."

Cuca deve ter uma boa adaptação por conta do elenco quase não ter tido modificações  do time campeão Brasileiro. Cuca analisou o seu plantel e minimizou a pressão por boas atuações

" Se a gente fizer comparativo aqui do time do ano passado em relação ao desse ano, foi trocado o Moisés pelo Felipe Melo. O Guerra pelo Cleiton Xavier. E o Borja ou o Willian pelo Gabriel Jesus. Os demais, é o mesmo time. O que melhorou e o que piorou? Pode ganhar tudo, mas não precisava falar hoje. Tem que trabalhar quietinho, como mineiro, pelos cantinhos. Hoje, o Palmeiras ganhar de 1 a 0 é questionado, porque não convenceu. Isso é uma coisa que nós mesmos nos intitulamos assim. De fora vendo, acho que é algo desnecessário puxar isso. A responsabilidade existe, não precisa falar nela todo dia. Hoje, o trabalho é um pouco menos difícil, vinha de dois anos na China. Agora, não, estava assistindo aos jogos. Tenho conhecimento de grupo, de casa. Abrevia muito o tempo isso. Lógico que vim no carro pensando muitas coisas em cima de time. Muitos dos que vieram foram por indicação minha. Independentemente se fui eu que indiquei ou não, vão ter as mesmas obrigações."

Cuca fará sua estreia pela equipe nesta temporada no próximo domingo contra o Vasco, no Allianz Parque, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro 2017.


 

VAVEL Logo