Apesar da vitória do Santa Cruz, Júnior Rocha reconhece: “Temos muito o que melhorar”
Foto: Divulgação/Santa Cruz

O Santa Cruz venceu o Belo Jardim por 3 a 2 no Arruda e se classificou, com uma rodada de antecedência, para as quartas de finais do Campeonato Pernambucano 2018. No entanto, o técnico Júnior Rocha não poupou críticas aos jogadores.

"Não pode acontecer isso. Estou publicamente dando uma dura nos caras. Não pode acontecer. Mais cinco minutos e a gente passa um vexame como o Sport passou. É o desinteresse, nível de concentração. Tem que melhorar muito para que a gente possa conquistar o título", comentou Júnior.

A equipe Coral abriu 3 gols de vantagem, mas sofreu um apagão e viu o Belo Jardim, lanterna do campeonato, reagir e encostar no placar. A torcida ficou na bronca com o resultado e vaiou o elenco após o apito final. Mais uma vez, Júnior Rocha não poupou críticas à atuação do time e deu razão à torcida.

"Vaiou com razão. Se eu tivesse na arquibancada, eu também vaiaria. Não é possível uma equipe cair tanto de rendimento. Foi desleixo mesmo. Não pode acontecer. Foi conversado isso. Ninguém pode reclamar de oportunidade. Todos receberam", pontou o treinador.

O próximo confronto do Tricolor é justamente na um clássico contra o Sport na Ilha do Retiro, na quarta-feira (7), e o resultado dessa partida definirá o adversário do Tricolor nas quartas de finais. Júnior Rocha usou a partida entre Sport e Ferroviário – válida pela Copa do Brasil 2018 – como exemplo.

"Fiquei muito feliz com a classificação, mas muito triste com esses minutos que fizeram com que quase a gente passasse uma vergonha aqui. Tivemos o exemplo do Sport há alguns dias, que estava ganhando de 3 a 0, deixou empatar e caiu nos pênaltis. Que sirva como exemplo para vários atletas para que isso não aconteça mais", concluiu o comandante tricolor.

VAVEL Logo