Em partida de baixa qualidade técnica, Cruzeiro e Inter empatam sem gols pelo Gauchão

Apesar de muito disputado, Colorados e Cruzeirense não saíram do zero, Gravataí; Jogo teve um gol para cada lado, mas ambos em posição irregular

Em partida de baixa qualidade técnica, Cruzeiro e Inter empatam sem gols pelo Gauchão
(Foto: Ricardo Duarte / S. C. Internacional)
Cruzeiro-RS
0 0
Internacional
Cruzeiro-RS: DEIVITY; LUCAS CARVALHO (FOGUINHO), FERNANDO PINTO, JOÃO GUILHERME E JONATHAN; BEN HUR, DÊ, WAGNER, WILLIAM KOZLOWSKI (RENNER); REINALDO E FRANÇA (SALDANHA). TÉCNICO: BEN-HUR PEREIRA
Internacional: MARCELO LOMBA, CLAUDIO WINCK, THALES, RODRIGO MOLEDO, RUAN, GABRIEL DIAS, FABINHO, CAMILO, JUAN ALANO (WELLINGTON SILVA), NICO LOPEZ (BRENNER) E ROGER (MARCINHO). TÉCNICO: ODAIR HELLMANN
Placar: 0-0
ÁRBITRO: DOUGLAS SILVA, AUXILIADO POR JOSÉ EDUARDO CALZA E FABRÍCIO LIMA BASEGGIO
INCIDENCIAS: PARTIDA VÁLIDA PELA 11ª RODADA DO CAMPEONATO GAÚCHO 2018, DISPUTADA NO ESTÁDIO VIEIRÃO, EM GRAVATAÍ/RS

Enquanto sobrou disposição, faltou qualidade. Pela 11ª rodada do Campeonato Gaúcho, Cruzeiro e Internacional lutaram bravamente, mas não tiraram o zero do placar, no estádio Antônio Vieira Ramos, o Vieirão, em Gravataí.

Com o empate e uma combinação de resultados, o Cruzeiro-RS  segue firme na disputa pela permanência na elite do futebol gaúcho. O ponto conquistado diante do Inter, deixou o Estrelado na 10ª posição com 9 pontos. O Cruzeiro encara o Caxias-RS no próximo domingo, às 17h, no estádio Vieirão.

Já o Internacional segue líder do Gauchão. Agora com 18 pontos, o Clube do Povo tem o mesmo número de pontos que o Brasil-RS, mas fica no topo da tabela por ter melhor saldo de gols. O próximo compromisso do Inter é o clássico Gre-Nal, neste domingo, também às 17h, no estádio Beira-Rio.

Na primeira etapa, foram pouquíssimas chances de gol. Um jogo muito travado no meio-campo, com diversas ligações diretas e alto número de faltas. Os donos da casa, por precisarem do placar, tiveram mais ímpeto no início. No entanto, após ter falta perigosa que ficou na barreira, a primeira boa chance de gol do Cruzeiro foi só aos 30 minutos, quando William Kozlowski venceu a zaga do Inter no alto e mandou de cabeça por cima do gol, raspando a trave de Marcelo Lomba.

O Inter chegou a marcar na primeira etapa. Aos 33, Roger foi acionado por Juan Alano. O centroavante recebeu de costas, girou no lado direito da grande área e bateu cruzado para as redes. Porém, estava em posição irregular e foi marcado o impedimento. Aos 43, mais uma de Kozlowski. O camisa 10 cruzeirense venceu novamente a defesa do Colorado no alto e cabeceou próximo ao gol de Lomba.

Foto: Ricardo Duarte / S. C. Internacional
Foto: Ricardo Duarte / S. C. Internacional

No tempo final, o Inter foi melhor. Com as investidas de Odair Hellmann nas substituições, o Internacional ganhou mais qualidade. Mas antes da primeira mexida do comandante vermelho, Cláudio Winck cobrou falta de longe e obrigou Deivity a fazer uma grande defesa, aos cinco minutos. Em cobrança de falta, João Guilherme mandou próximo ao ângulo de Lomba, aos 23, assustando o arqueiro vermelho.

Aos 36 minutos, após bate-rebate dentro da área, a bola sobra com Marcinho que manda para o gol, mas João Guilherme salva em cima da linha. No apagar das luzes, aos 48, Wagner recebe dentro da área e dispara para o gol. Em posição irregular, o meia balança as redes, mas o auxiliar de arbitragem assinala o impedimento.